YouTube decide acabar com a função Stories; por quê?


YouTube decide acabar com a função Stories; por quê?

Imagem: Pexels/Reprodução

A partir de junho, o YouTube não terá mais a função “Stories”. Começando no dia 26 do próximo mês, os usuários não poderão mais utilizá-lo para fazer publicações. Além disso, após sete dias, as postagens existentes irão expirar. As informações são do The Verge.

Os Stories do YouTube surgiram em 2017 e, desde então, permaneceram restritos a usuários com mais de 10 mil assinantes. Na época, eram chamados de “Reels”, assim como no Instagram. Seu objetivo era servir para atualizações ou conteúdos de bastidores, além de promoção dos canais de criadores.

A ideia surgiu do Snapchat e se expandiu para diversas redes sociais. O Twitter, por exemplo, chegou a adicionar os “Fleets”, que desapareceram em menos de um ano. Com acesso limitado, baixa adesão dos criadores e pouco investimento do YouTube, a rede social agora vai investir em suas outras plataformas, como os vídeos convencionais e os “Shorts”.

A empresa, aliás, expandiu o acesso às postagens da comunidade, permitindo o compartilhamento de enquetes, questionários, imagens e vídeos. Quanto ao Shorts, concorrente do TikTok, o YouTube afirma que o formato “gera muito mais inscritos” do que os Stories.

A big tech ainda declarou que irá notificar os criadores sobre a exclusão do YouTube Stories através de meios que incluem publicações em fóruns, mensagens no app, lembretes no YouTube Studio, entre outros.

Fonte: Gizmodo