trabalhadores nascidos em junho podem sacar; veja como solicitar

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A partir de hoje (18), os trabalhadores nascidos em junho podem sacar até R$ 1 mil das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta poupança digital, que é própria para o pagamento de benefícios sociais e previdenciários.

Vale ressaltar que os valores só podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. Ao todo, em todo o calendário de pagamento, serão liberados cerca de R$ 30 bilhões para cerca de 42 milhões de trabalhadores. A liberação segue o cronograma baseado no mês de nascimento e o dinheiro será liberado em etapas até 15 de junho, quando recebem os nascidos em dezembro.

Veja o calendário do saque do FGTS:

Mês de nascimento Data de depósito
Janeiro 20 de abril
Fevereiro 30 de abril
Março 4 de maio
Abril 11 de maio
Maio 14 de maio
Junho 18 de maio
Junho 21 de maio
Agosto 25 de maio
Setembro 28 de maio
Outubro 1º de junho
Novembro 8 de junho
Dezembro 15 de junho

O teto de R$ 1 mil considera a soma dos saldos disponíveis em todas as contas. Esse dinheiro pode ser sacado a distância, pelo FGTS digital, ou pelo aplicativo Caixa Tem. O saldo na poupança digital social é automático. Também dá para pagar contas e transferir o dinheiro via Pix. De acordo com a Caixa Econômica, cerca de R$ 30 bilhões serão liberados.

O dinheiro fica disponível até o dia 15 de dezembro. Após a data, ele volta à conta do FGTS. O saque é facultativo. Normalmente, com exceção do saque emergencial, o fundo só pode ser retirado em situações como demissão sem justa causa, compra de um imóvel ou aposentadoria.

Leia mais:

Consultar o saldo do FGTS

Para consultar o saldo, o trabalhador pode ir pessoalmente em uma agência ou site da Caixa e também pelo aplicativo FGTS. Pelo app também é possível se cadastrar para acompanhar o saldo da conta por SMS.

  1. abra o aplicativo, toque em “Entrar no aplicativo” > “Continuar”;
  2. informe seu CPF e toque em “Próximo”;
  3. digite sua senha e vá em “Entrar”;
  4. na tela inicial, aparecerão informações relativas às empresas que trabalhou;
  5. o saldo de valores depositados aparece no topo da tela, clique sobre ele para ver as movimentações.

Já pelo site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou extrato antigo – também é possível descobrir o número pela internet. Outra forma de receber o extrato é em casa a cada dois meses. Para isso, o trabalhador deve informar o seu endereço completo em uma agência da Caixa ou pelo telefone 0800-726-0101.

Pelo aplicativo do FGTS, é possível consultar e solicitar o saque. Imagem: Eliseu Geisler – Shutterstock

Como pedir o saque do FGTS:

No caso de alguns trabalhadores, dados incompletos podem dificultar o saque. Então, é preciso solicitar a liberação do dinheiro. Todo o processo pode ser feito pela internet e aplicativo do FGTS, sem necessidade de ir até uma agência do banco.

  1. Abra o aplicativo do FGTS e faça o login.
  2. Clique no botão “Solicitar saque”, localizado na tela, na cor laranja.
  3. Em seguida, aperte “Confirmar”, para autorizar a abertura da conta poupança digital da Caixa em seu nome. É o único jeito para receber o dinheiro.
  4. Por fim, uma mensagem vai aparecer na tela, dizendo que “a Caixa irá processar a solicitação e caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta”.

É importante lembrar que como muita gente está acessando o app, há uma fila virtual. Mas, é possível sair da tela (sem fechar o aplicativo) sem perder o lugar na fila.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!



Source link