“Tico e Teco: Defensores da Lei”: nome brasileiro impressiona roteiristas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O Olhar Digital conversou com Dan Gregor e Doug Mand, roteiristas do novo filme “Tico e Teco: Defensores da Lei”, e a dupla se impressionou com o nome brasileiro da dupla de esquilos.

Os roteiristas que idealizaram o novo filme do Disney+, “Tico e Teco: Defensores da Lei”, conversaram com o Olhar Digital e explicaram as relações dos dois, que são mais conhecidos por seus trabalhos em séries de comédia como “How I Met Your Mother“, com os personagens Tico e Teco, e a série “Tico e Teco: Defensores da Lei” do final dos anos 1980, que inspirou o novo filme.

publicidade

“Eu corria para casa da escola todos os dias para assistir o Disney Afternoon”, afirmou Dan Gregor sobre o programa da TV americana que exibia séries da Disney, inclusive “Tico e Teco: Defensores da Lei”, e continuou: “Eu era obcecado, e ‘Defensores da Lei” era uma grande parte disso.” Por sua vez, Doug Mand concordou e ainda disse que “Defensores da Lei” provavelmente era o favorito dele entre todas as produções da Disney.

“Eu fiquei honrado que eles nos deixaram entrar de volta em suas vidas”, disse Gregor sobre o novo filme. Por sua vez, Mand entrou nos motivos para buscar fazer este novo filme. “A pergunta que Dan e eu nos fizemos, com qualquer projeto, mas especialmente um reboot é: ‘Por quê? Por que precisamos fazer isso? O que estamos realmente dizendo?’ E não fazer um reboot apenas por fazer um reboot de tudo,” continuou.

E de fato, “Tico e Teco: Defensores da Lei” não é um reboot, nem um remake, como o próprio cartaz do filme já indica. Trata-se do retorno dos personagens anos depois do sucesso da série, e Mand entrou mais nisso no decorrer de sua resposta.

Pôster oficial brasileiro de “Tico e Teco: Defensores da Lei”. Divulgação/Disney+

“Dan e eu colocamos essas palavras na boca de nossos personagens: ‘Por que outro Defensores da Lei?’ Nós colocamos isso em nosso personagens, especialmente em Tico e, uma vez que começamos a fazer isso, realmente parecia natural e muito divertido explorar a realidade disso como: ‘Alguém quer ver isso de novo?’, ‘Alguém realmente se importa que nós tivemos essa série?’. ‘Somos tão famosos?’,” contou Mand sobre o processo para elaboração do conceito do filme.

Segundo ele, a ideia era de fato explorar perguntas que atores de verdade podem se fazer 15 ou 20 anos depois de seus auges na carreira, assim como Tico e Teco fazem no filme. “Colocar isso na boca de nossos personagens foi uma maneira de nos aproximar e nos sentimos muito naturais para abordar esses personagens que amamos desde nossa infância”, concluiu Doug Mand.

Falando sobre o conceito do filme, Dan Gregor falou que o filme “Uma Cilada para Roger Rabbit” é um dos favoritos da dupla de roteiristas, e que o filme serviu de inspiração, e criaram um universo similar, usando o conceito de desenhos como atores. “Mas adicionar esse tipo de elemento misterioso em cima disso, foi o que realmente deu uma história. E então nós meio que abordamos isso através dessa lente de ‘Ok, como podemos construir uma espécie de aventura misteriosa no mundo dos atores fracassados?’ E isso foi realmente o que nos fez começar,” adicionou ele.

Pôster oficial em inglês de “Tico e Teco: Defensores da Lei”. Divulgação/Disney+

Por fim, contamos para Doug Mand e Dan Gregor como é o nome dos personagens no Brasil – Tico e Teco. Os nomes não tem qualquer relação com o nome em inglês, que é Chip e Dale. Eles ficaram realmente fascinados com os nomes, e principalmente por Tico e Teco também ser uma expressão de raciocínio, como neurônios trabalhando juntos, e como esses personagens são vistos como um só, que funcionam melhor juntos.

“Isso é realmente muito legal! Obrigado por compartilhar isso com a gente,” disse Doug Mand. “Este é um filme sobre amizade. É uma amizade que acontece por muitos e muitos anos, e que foi por um caminho ruim por um longo tempo e acabou. No filme, nós conseguimos revisitar como eles se conheceram e como tudo começou.”

Na sequência, Mand teceu uma relação entre a dupla famosa de esquilos e ele e Dan Gregor, como uma dupla de roteiristas e amigos que fazem comédia juntos, e que precisam aprender a conviver com as diferenças e criar algo único. “Nós colocamos isso no filme que era que dois esquilos se juntaram por seu amor compartilhado pela comédia, que é como Dan e eu nos conhecemos, em compartilhar um amor pela comédia, e em trabalhar juntos e criar uma única voz com nossos pontos de vistas diferentes”, adicionou ele.

Leia mais! 

“É muito bonito que é isso o que significa, porque era isso que estávamos buscando”, continuou Doug Mand sobre o nome dos personagens no Brasil. “É essa ideia de que seja artisticamente, mas acho que ainda mais na amizade deles, que eles são melhores um com o outro, na vida um do outro, do que separados.” E concluiu dizendo: “É uma longa resposta para dizer que acho lindo e muito como abordamos este filme, e como abordamos nossa amizade e parceria.”

Dan Gregor arriscou algumas vezes falar o nome dos personagens no Brasil, Tico e Teco, e garantiu que procuraria pelo pôster oficial do país para ver como é. “Nós definitivamente vamos procurar por ele, e agora eu também quero o pôster,” finalizou Doug.

“Tico e Teco: Defensores da Lei” teve sua estreia no dia 20 de maio e está disponível no Disney+.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!



Source link