Teste genético pode identificar pessoas com tendência a engordar ou emagrecer; saiba mais

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Quando pensamos em testes genéticos geralmente imaginamos exames de DNA para casos de paternidade. No entanto, nos últimos anos, uma nova modalidade desse tipo de exame surgiu: o teste genético nutricional. Mas para que serve esse exame e será que ele realmente pode ajudar?

O teste genético nutricional pode ser solicitado por um nutricionista ou feito diretamente pelo paciente. A análise do DNA pode auxiliar na escolha de dieta e alimentação da pessoa, é isso que explica Tamires Oliveira, nutricionista da DNA Club, em entrevista ao Olhar Digital.

publicidade

“Quando o paciente já chega com o exame você não fica muito na tentativa e erro. Adianta uma parte do processo, de entender que alimentos e rotina funcionam melhor para aquela pessoa”, diz a especialista.

“Tudo o que acontece em nosso corpo acontece por ordem do DNA. A nutrigenética mostra como o nosso corpo recebe os alimentes”, completa a médica sobre o exame. O teste normalmente é feito por um kit enviado para a casa do paciente, que faz a coleta do material e manda para a análise.

Crédito: Antonina Vlasova/Shutterstock

Teste genético nutricional é acessível?

Sobre o preço, Tatiana explica que hoje é cada vez mais acessível. Os valores, segundo apurado pela reportagem, variam de R$ 500 até R$ 3 mil dependendo do nível do exame, já que há versões mais simples e mais complexas. A escolha pode ser feita ao lado do nutricionista. 

Leia também!

A especialista finaliza explicando que o teste genético nutricional não tem ligação apenas com o emagrecimento e perda de peso e que é utilizado principalmente para questões relacionadas à saúde já que pode detectar propensões a doenças crônicas como obesidade e doenças cardiovasculares.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!





Source link