start-ups brasileiras podem movimentar até US$ 13 trilhões

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A busca por fazer parte do metaverso está ganhando cada vez mais força entre as empresas e marcas, mobilizando não apenas as gigantes de tecnologia, como todo o tipo de negócio dentro do mercado. Por exemplo, mais de 130 companhias brasileiras – de todos os portes – já estão lucrando com participações e inserções em realidade virtual, aumentando o nível de inovação na internet.

De acordo com o relatório do Citi, as empresas que atuam nessa área irão movimentar entre US$ 8 trilhões e US$ 13 trilhões a nível global até 2030. Só no Brasil, existem 138 empresas que atuam focados para a nova era da internet, sendo metade delas formada por start-ups. Além disso, alguns empreendedores relatam também que já estão lucrando nesse mercado.

publicidade

Os profissionais que escolheram se aventurar no metaverso estão apostando alto num investimento em pesquisa, desenvolvimento e contratação de pessoas capacitadas. Há start-ups ampliando esforços no compartilhamento de informações sobre o universo virtual, workshops para quem busca entender melhor como tudo isso vai funcionar, a integração entre físico e digital, por exemplo.

Metaverso. Créditos: Reprodução/Meta

Leia mais:

A gente ouviu falar em metaverso e até sabe que o Facebook mudou o nome para Meta, mas o que é realmente essa nova plataforma que tanto falam? E mais do que isso: o que o futuro do metaverso nos reserva?

Metaverso é uma realidade virtual imersiva e interativa. De certa maneira, é uma evolução de jogos como ‘The Sims‘ e ‘Second Life‘ no sentido de que as pessoas precisam de um avatar para conviver neste ambiente virtual. Porém, agora, de forma hiper-realista.

Outra maneira de entender o metaverso é vê-lo como uma extensão virtual da nossa vida atual, como se fosse outra dimensão. Daí, o nome “metaverso” que significaria além do universo.

Para ajudar a responder todas as perguntas, veja o guia completo do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link