Rússia anuncia saída da ISS como protesto às sanções do Ocidente

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Como resposta às sanções aplicadas pelos EUA e União Europeia desde que invadiu a Ucrânia, a Rússia anunciou que vai abandonar a Estação Espacial Internacional (ISS). A informação foi divulgada pelo diretor da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitry Rogozin, em entrevista concedida a duas agências de notícias estatais russas, a TASS e RIA Novosti. 

“A decisão já foi tomada. Só posso dizer isso – de acordo com nossas obrigações, informaremos nossos parceiros sobre o fim de nosso trabalho na ISS com um ano de antecedência”, disse o diretor da Roscosmos, que considera as sanções ilegais. 

publicidade

Decisão já era esperada 

O anúncio não foi uma surpresa, tendo em vista que no início de abril Rogozin já havia sinalizado que o país poderia abandonar a ISS por conta das sanções tanto dos EUA quanto da União Europeia. 

Os quatro astronautas da missão Crew-4 da SpaceX para a NASA recebem abraços calorosos de seus colegas da missão Crew-3 ao entrarem na Estação Espacial Internacional: eles são os recém chegados à ISS. Imagem: NASA TV

Apesar da guerra contra a Ucrânia e toda a tensão geopolítica, os astronautas mantiveram um clima de cooperação. Na Estação Espacial Internacional, estão cosmonautas norte-americanos, russos e de nações europeias. Ao total, há 11 pessoas, sendo três russos, que ainda não sabem quando deverão descer para Terra.

Leia mais:

Adeus, espaço

A ISS deve ser aposentada em 2030 e a NASA já tem um plano para lançá-la ao Oceano Pacífico no início de 2031, caindo em um ponto mais distante da costa do planeta, conhecido como cemitério das naves espaciais.

É o mesmo local onde caiu a estação espacial russa Mir, em 2001. Por lá, também mergulharam no mar inúmeros satélites e outros detritos espaciais. Após essa data, as atividades de exploração espacial deverão ser lideradas pelo setor comercial, como a SpaceX.

Saída da Rússia prejudica projetos em andamento

Em uma sessão de perguntas e respostas em seu site oficial, a agência espacial americana (NASA) respondeu a questões sobre o que aconteceria caso a Rússia decidisse deixar a Estação Espacial Internacional (ISS). Spoiler: não seria nada bom, mas não da forma que você imagina. Leia mais no artigo especial produzido pelo Olhar Digital.

Via: ScienceAlert 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!





Source link