Richarlison é o campeão de citações nas redes sociais, diz levantamento Codecs


richarlison

Imagem: Flickr CBF/Reprodução

Um estudo realizado pela empresa Codecs e divulgado pelo portal GloboEsporte.com revela que Richarlison é o jogador da seleção brasileira com mais menções positivas nas redes sociais. Os dados foram coletados de comentários no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e portais de notícias.

Segundo o levantamento, “Richarlison” é o segundo termo relacionado à seleção brasileira com mais menções positivas, perdendo apenas para expressões relacionadas ao “Hexa”, que lidera com bastante folga o ranking de citações positivas.

Antes da partida contra a Sérvia, o jogador revelado pelo América-MG não era muito conhecido do torcedor brasileiro comum, mas o golaço e a bela atuação diante da Sérvia colocou o atacante na vitrine. Nos jogos seguintes, a tendência se manteve e o atacante teve mais menções positivas do que negativas.

Pelo estudo da Codecs, Daniel Alves, lateral de 39 anos, também teve mais menções positivas que negativas no primeiro jogo. O fenômeno é curioso porque o atleta não entrou em campo na partida de estreia, então é possível que as citações tenham relação com sua ausência.

A estreia contra a Sérvia na Copa é a partida em que o levantamento registrou maior atividade: um padrão que se repetiu nos jogos seguintes, com o número de menções aumentando próximo ao horário do início e seguindo estável no período após o jogo com a repercussão da imprensa.

Já Raphinha é o campeão de menções negativas. O fato surpreende porque o atleta lidera uma série de estatísticas entre os jogadores de ataque do Brasil, mas as oportunidades perdidas nos dois primeiros jogos tenham incomodado os torcedores.

O volante Bruno Guimarães também é um dos líderes de negativas. Sua entrada era bastante requisitada antes da Copa, mas quando teve a chance como titular, não foi muito bem contra Camarões na derrota de 1 a 0, além de perder chances claras de gol.

Neymar, que se contundiu logo no primeiro jogo e ficou fora da fase de grupos, não teve citações relevantes.

Como metodologia, a Codecs organizou os comentários recolhidos nos jogos do Brasil na primeira fase pelo gênero da pessoa. A predominância é masculina, com a participação feminina sendo mais relevante na partida de estreia contra os sérvios.

Assine a newsletter do Gizmodo

Fonte: Gizmodo