Procuradores nos EUA abrem investigação sobre efeito do Instagram em crianças | Tecnologia


A investigação, que envolve pelo menos oito Estados, foi anunciada em um momento em que o Facebook é alvo de críticas sobre seus efeitos em crianças e jovens.

Os procuradores-gerais querem saber se a companhia violou leis de proteção dos consumidores e se colocou jovens em risco.

Representantes do Facebook não comentaram de imediato o assunto.

Em setembro, a companhia anunciou paralisação nos planos de lançar uma versão do Instagram para crianças, em meio a crescentes críticas contra o projeto.

A decisão veio depois que a ex-funcionária Frances Haugen denunciou que a companhia sabia que o Instagram pode ter efeitos prejudiciais sobre a saúde mental de adolescentes.

Facebook demonstra protótipo de luva tátil com foco no metaverso

Facebook demonstra protótipo de luva tátil com foco no metaverso



Fonte: G1