porque é vantajosa a tática de “comprar o modelo anterior”


Linha Galaxy S: porque é vantajosa a tática de "comprar o modelo anterior"

Imagem: Samsung/Reprodução

A Samsung lançou na última quarta-feira (1º) a sua nova família de celulares Galaxy S23. Contudo, como já tem se tornado comum entre as grandes fabricantes, os novos aparelhos não trazem grandes novidades em relação aos modelos anteriores.

Dessa forma, se você está pensando em comprar os novos S23 (disponível aqui) ou o S23+ (disponível aqui), saiba que eles trazem sim algumas melhorias pontuais, mas, de forma geral, a linha S22 ainda atende muito bem a maioria dos usuários comuns.

Visualmente, os novos modelos ainda se parecem muito com os antigos, com as maiores mudanças ficando para a parte de hardware e software.

Tanto o S23 quanto o S23+ rodam o o Snapdragon 8 Gen 2, o mais potente fabricado pela Qualcomm até o momento. Apesar do novo processador prometer desempenho 30% superior, é preciso destacar que a família Galaxy S22 já tinha um excelente poder de processamento.

Na parte de câmeras, a Samsung não alterou o hardware das câmeras traseiras do Galaxy S22 ao atualizar para o Galaxy S23. O aprimoramento veio no modo de fotografia noturna que inclui novos recursos, como a capacidade para capturar as estrelas, além de gravação em 8K a 30 fps.

Já a câmera frontal do S23 ganhou um sensor de 12 megapixels, contra os 10 MP do Galaxy S22. Isso significa selfies com cores um pouco mais vivas e detalhadas.

As baterias dos novos celulares da Samsung também tiveram pouco incremento, passando de 3.700 mAh no S22 para 3.900 mAh no S23, além de 4.500 mAh no S22+ para 4.700 mAh no S23+. O carregamento não mudou, com ambas as linhas carregando a 25W com fio e 10 W sem fio no modelo S22/S23, bem como 45W e 10W, respectivamente, no S22+ e S23+.

A família Galaxy S23 roda o One UI 5.1, baseado no Android 13. Porém, em breve, o novo sistema também estará disponível no S22 – linha esta que deve ter suporte (em teoria) até o Android 16.

Na Amazon, o Galaxy S22 de 128 GB está saindo na faixa dos 4.500 (link aqui), enquanto que o Galaxy S23 com o mesmo armazenamento está saindo por R$ 5.999 parcelado (link aqui).

No caso Galaxy S22+, é possível encontrá-lo no momento do fechamento desta matéria em oferta na Amazon, por R$ 5.699,90 (link aqui), já a versão mais básica do S23+ custa a partir R$ 6.999.

Por isso, a conclusão que fica é, se você tem um orçamento limitado, já tem ou está pensando em comprar os celulares da linha S22, o S23 não tem novidades o suficiente para você querer investir tão caro.

Além disso, com o lançamento dos novos aparelhos, é esperado que os modelos S22 passem a ganhar descontos mais generosos, não fazendo muito sentido pagar mais caro pelos novos Galaxy S23.

Fonte: Gizmodo