O que são ovnis? Entenda termo em meio a crise que envolve EUA e China


Desde a última sexta-feira (10), quatro óvnis (objetos voadores não identificados) foram avistados nos Estados Unidos, Canadá e China.

Apesar de o governo do presidente norte-americano Joe Biden negar que haja qualquer evidência de atividade extraterrestre, muito se comentou sobre o tema e suas possibilidades nas redes sociais.

Mas, afinal, o que são óvnis?

  • Óvni, “objetos voadores não identificados”, é a sigla em português para UFO, ou “unidentified flying object”, em inglês.
  • É qualquer objeto — ou luz — visto no céu que não é compreendido por quem os vê em um primeiro momento.
  • Não quer dizer que seja de origem extraterrestre, mas apenas que não há confirmação do que se trata.
  • Em geral, essas aparições são investigadas por órgãos governamentais — mas muitas vezes os arquivos são confidenciais ou não há imagens e dados suficientes para chegar a uma conclusão.
  • Devido à constante associação do termo óvni a naves alienígena, o Pentágono criou a sigla UAP (“fenômenos aéreos não identificados”, do inglês “unidentified aerial phenomenon”).
  • Alguns são explicados por fenômenos naturais (planetas, reflexos, nuvens e outras ocorrências atmosféricas).
  • Outros são tecnologias humanas (drones, balões, lasers).
  • E há aqueles que seguem sem explicação após as investigações.

A origem dos óvnis abatidos nos Estados Unidos, no Canadá e na China não foi identificada até a noite de ontem, em meio a buscas por destroços.

Os incidentes aconteceram uma semana após os EUA derrubarem um balão chinês, que alegam ser de espionagem. As ações indicam uma nova disputa de narrativas entre duas das maiores potências mundiais.

*Com reportagem de Marcella Duarte, de Tilt.



UOL Tecnologia