o que já sabemos sobre Pixel Watch, Pixel 7 e mais


O evento anual de gadgets do Google, o Made By Google, vai vir com uma grande novidade na próxima quinta-feira (6): a empresa vai finalmente colocar o pé no ramo do smartwatches com o Pixel Watch.

O último rumor, segundo o 9to5Google, é que o produto aparece em uma listagem da Amazon alemã, e que ele já será colocado à venda logo após o evento.

O mercado está de olho e, nas últimas semanas, várias especulações, análises e suspostos vazamentos adiantaram o que pode vir por aí. Tilt fará a cobertura em tempo real do Made By Google a partir das 11h (horário de Brasília).

Além disso, o informante @OnLeaks no site Slashleaks divulgou imagens dos mostradores e da coleção de pulseiras disponíveis para o acessório. No total, seriam cinco opções em silicone (preto, cinza, branco, verde e prata), três em tecido (laranja, verde e preto) e duas de couro (preto e verde).

Imagem vazada (com marca d

Opções de pulseira do Pixel Watch

Imagem: Reprodução/@oneleaks/@slashleaks

Configurações e recursos

Imagem vazada (com marca d

Pixel Watch, primeiro smartwatch da Google

Imagem: Reprodução/@oneleaks/@slashleaks

As imagens sugere também que o dispositivo terá resistência à água de 5ATM, vidro na tela do tipo Corning Gorilla e, como seria de se esperar, suporte Fast Pair para Pixel Buds (conexão rápida com os fones de ouvido da Google). E, claro, terá outros recursos típicos da categoria, como contador de passos, leituras de eletrocardiograma (ECG) e chamada de emergência.

Um dos mostradores revelados nesse vazamento é o “Ten Oh Nine”, com relógio “analógico” e a frequência cardíaca do usuário. Outro mostrador traz desenhos artísticos de paisagem e uma terceira opção exibe informações do tempo em palavras.

Imagem vazada (com marca d

Mostradores do Pixel Watch, segundo imagem vazada

Imagem: Reprodução/@onleaks/@slashleaks

O “Ten Oh Nine” era um recurso do smartwatch Pebble, empresa comprada pela Fitbit em 2016 — e que, por sua vez, acabou adquirida pelo Google três anos depois. Sendo assim, é realmente possível que um pouco do seu “DNA” esteja presente no Pixel Watch.

E por falar em Fitbit, outra listagem já excluída na Amazon alemã afirmava que o Pixel Watch virá com seis meses de Fitbit Premium de graça. Uma foto do produto ao lado do aplicativo sugere que a sincronia de dados será automática.

A estimativa é de que o relógio deve ser lançado nos EUA por US$ 349 (R$ 1.827, aproximadamente).

Pixel 7 e Pixel 7 Pro

Os últimos rumores sobre os celulares Pixel 7 e o Pixel 7 Pro, segundo o PCMag, sugerem que os smartphones não vão ficar mais caros do que o antecessor. De acordo com o fundador da Android Police, Artem Russakovskii, o Pixel 7 custará US$ 599 (em média, R$3.098), e o Pixel 7 Pro, US$ 899 (R$4.650).

Segundo vazamentos, as mudanças serão mais externas do que internas, e poucas mudanças. Até 12 GB de memória RAM, tela OLED de 6,7 polegadas com 120 Hz de frequência, câmera principal de 50 MP e bateria de 5.000 mAh com carga rápida de 30W são algumas das configurações especuladas.

Acredita-se que o aparelho terá versões em 128 GB e 256 GB, e, em alguns países (não necessariamente o Brasil), 512 GB de armazenamento interno. Na parte traseira do smartphone, a “faixa” de metal será mantida como na versão anterior. A diferença é que as câmeras contarão com um novo recorte: pílula e um ponto.

Outro rumor interessante foi divulgado por Roland Quandt do WinFuture: é possível que, em alguns países, o Pixel Watch venha de brinde com o novo celular Pixel 7 Pro.

Imagem vazada (com marca d
Imagem: Reprodução/@oneleaks/@smashleaks

Pixel Buds

Há alguns meses, na Google I/O 2022, a empresa lançou o Pixel Buds Pro, fone de ouvido da empresa top de linha com cancelamento de ruído e áudio espacial. Agora, há expectativa de um novo par de fones, também com cancelamento de ruído, áudio espacial e bateria com maior capacidade. Pouco se sabe sobre o produto, mas especula-se que a conferência vai apresentar o visual do aparelho.

Pixel Tablets

A lista de grandes lançamentos chega também aos tablets. Acredita-se que, no Made By Google, o aparelho possa finalmente ser mostrado. Atualmente, são poucos os rumores sobre o produto: o site internacional PCmag sugere que o tablet terá um recurso de encaixe que o transforma em uma espécie de Nest Hub (solução de assistente virtual).

O produto deve chegar ao mercado internacional no próximo ano, com processador Google Tensor de primeira geração, tela de 10,95 polegadas e armazenamento interno de 128 GB e 256 GB e suporte para redes Wi-Fi 6.O tablet contará com duas câmeras na parte traseira e suporte para uso de uma caneta. Sensores, como GPS, barômetro e acelerômetro, não devem estar disponíveis no aparelho, segundo Kuba Wojciechowski.

Você poderá conferir as novidades do Made by Google 2022 em tempo real aqui em Tilt, com comentários da equipe, a partir das 11h (horário de Brasília) nesta quinta-feira (6).

*Com informações de Tom’s Guide, PC Magazine, ShowMeTech e Engadget



UOL Tecnologia