O que é TDAH, transtorno que acomete Suzana Alves, a ex-Tiazinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Nesta semana, Suzana Alves, mais conhecida como Tiazinha, revelou através do seu Instagram que foi diagnosticada com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). A atriz, que deu a notícia no dia do seu aniversário de 44 anos (3 de agosto), explicou que soube da condição há dois meses. 

“Descobri que tenho TDAH e que é uma condição genética. Eu já venci até aqui e vou continuar lutando contra tudo o que limita minha caminhada nesta estrada”, escreveu a artista. 

publicidade

O que é TDAH? 

De acordo com a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), TDAH é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade.

A condição é reconhecida oficialmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS), sendo o transtorno mais comum em crianças e adolescentes encaminhados para serviços especializados – acomete de 3 a 5% das crianças no mundo.

Entre os principais sintomas de TDAH estão a desatenção, a hiperatividade e a impulsividade. Outros problemas também podem surgir conforme as fases da vida, como dificuldades na escola e no relacionamento com demais crianças, ou desatenção para coisas do cotidiano e do trabalho, bem como falhas de memória, no caso de adultos. 

Leia mais! 

Quais são as causas do TDAH? 

Estudos científicos mostram que portadores de TDAH têm alterações na região frontal e nas conexões com o resto do cérebro. A parte frontal orbital é uma das mais desenvolvidas no ser humano e é responsável pela inibição do comportamento (isto é, controlar ou inibir comportamentos inadequados), pela capacidade de prestar atenção, memória, autocontrole, organização e planejamento. 

Além da hereditariedade, pesquisas apontam que a nicotina e o álcool, quando ingeridos durante a gravidez, podem causar alterações em partes do cérebro do bebê, incluindo a região frontal orbital. Alguns outros estudos também já mostraram que mulheres que tiveram problemas no parto, ocasionado sofrimento fetal, tinham mais chance de terem filhos com TDAH. A relação de causa, no entanto, ainda não foi determinada. 

Vale destacar que, problemas familiares podem agravar um quadro de TDAH, mas não o causar. 

O que é TDAH, transtorno que acomete Suzana Alves, a ex-Tiazinha. Imagem: shutterstock

Ministério da Saúde aprova protocolo para TDAH 

O Ministério da Saúde aprovou, na quarta-feira (4), um documento com critérios para o diagnóstico de transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH). De acordo com informações da Agência Brasil, a declaração abrange o tratamento e mecanismos de regulação, além do controle e avaliação da doença. Saiba mais aqui. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal! 



Olhar Digital