o que acontece no céu em dezembro


Imagem: Vincentiu Solomon/Unsplash

Dezembro vai fechar 2022 com chave de ouro, permitindo a observação de planetas e eventos como chuva de meteoros. Como de praxe. o Giz Brasil preparou um calendário com os principais eventos astronômicos que devem ocorrer nas próximas semanas. Confira:

8 de dezembro – Lua Cheia

No dia 8 de dezembro, a Lua estará em sua fase cheia, o que significa que o satélite estará com a face totalmente iluminada pelo Sol. Essa é a melhor época para garantir alguns cliques de nossa vizinha. Veja neste texto algumas dicas para fazer boas fotos com seu smartphone. 

8 de dezembro – Marte em oposição

Na mesma noite em que a Lua entrará em sua fase cheia, Marte alcançará o ponto mais próximo da Terra. Ele também estará totalmente iluminado pelo Sol, o que permitirá que os observadores o vejam no céu noturno durante a noite toda. 

Na data, é indicado que você utilize um telescópio de tamanho médio para observar o planeta vermelho em seus mínimos detalhes. O Giz Brasil preparou uma lista com os melhores do mercado.

13 e 14 de dezembro – Chuva de Meteoros Geminídeas

A penúltima chuva de meteoros do ano promete. A Geminídeas é conhecida por produzir muitas estrelas cadentes, podendo alcançar até 120 objetos multicoloridos por hora durante seu pico. Ela ocorre anualmente entre 7 e 17 de dezembro e, em 2022, deve ter seu pico durante a virada do dia 13 para 14.

Os meteoros da Geminídeas são originados dos detritos deixados pelo asteroide 3200 Phaethon, descoberto em 1982. O show irradia da constelação de Gêmeos, mas é possível encontrar objetos por todo o céu noturno. 

Para observar o fenômeno, busque por um local aberto e livre de poluição luminosa. Além disso, dispense os binóculos e telescópios – eles restringirão seu campo de visão.

21 de dezembro – Solstício de verão

Em 21 de dezembro, o Hemisfério Sul entrará no verão. Os países do Hemisfério Norte, por sua vez, começarão a sentir as baixas temperaturas do inverno. 

Na data, a radiação solar estará incidindo de forma vertical sobre o Trópico de Capricórnio. Ao mesmo tempo, o Polo Sul atingirá o seu ponto máximo de inclinação na direção do Sol. No Hemisfério Sul, teremos o dia mais longo do ano (maior incidência de raios solares) e, consequentemente, a noite mais curta. 

21 de dezembro – Mercúrio com o maior alongamento oriental

Prepare a câmera: no dia 21 de dezembro, Mercúrio estará em seu maior alongamento oriental. Isso significa que o planeta estará em seu ponto mais distante do Sol, não sendo ofuscado pelo estrelão. Essa é a melhor época para observar o corpo celeste. 

21 e 22 de dezembro – Chuva de Meteoros Ursídeas

A chuva de meteoros Ursídeas ocorre anualmente entre 17 e 25 de dezembro. Nesse ano, seu pico será na madrugada do dia 21 para 22 de dezembro, fechando 2022. Esse é um fenômeno menor, com cinco a dez meteoros sendo produzidos por hora. 

As estrelas cadentes são resultado dos grãos de poeira deixados pelo cometa Tuttle, descoberto em 1790. Os meteoros irradiam da constelação da Ursa Menor, embora sejam visíveis em todo o céu. O melhor horário para assistir ao show será após a meia noite.

23 de dezembro – Lua Nova

A Lua estará em sua fase nova nos últimos dias do ano, o que significa que ela não será visível no céu noturno. Sua ausência, no entanto, é benéfica para os admiradores do cosmos. 

Essa é a melhor época para fotografar galáxias e aglomerados de estrelas, já que não há interferência do brilho do satélite. Vale tirar o telescópio do armário.

Assine a newsletter do Gizmodo

 

Fonte: Gizmodo