Novo carro voador chinês leva 5 pessoas e viaja a 260 km/h


China apresenta novo carro voador que leva 5 pessoas e viaja a 260 km/h

Imagem: TCab Technology/Reprodução

Uma empresa chinesa especializada em tecnologias de eVTOL (veículo de decolagem e aterragem vertical elétrica, na sigla em inglês) acaba de desenvolver um novo “carro voador”. O modelo foi destaque na 9ª Feira Internacional de Tecnologia de Xangai, um dos maiores eventos de inovação do mundo.

O modelo, que ganhou o nome de E20, foi desenvolvido para acomodar cinco pessoas – um piloto e quatro passageiros, com carga útil máxima de 450 kg. Segundo a desenvolvedora TCab Technology, o sistema tem autonomia para andar até 200 km a uma velocidade de 260 km/h.

Fabricado na China, o veículo deve realizar seu primeiro voo no segundo semestre do ano. Por enquanto, ele terá a primeira exibição pública no modelo original na cidade de Zhejiang, na sexta-feira (23). Na feira de Xangai, os participantes levaram uma miniatura da tecnologia.

Apesar de jovem, a TCab tem experiência no mercado. A fabricante surgiu no mercado em maio de 2021 e logo ganhou destaque por desenvolver helicópteros tradicionais. Assim como o novo carro voador, esses veículos também têm capacidade para cinco pessoas.

A diferença do E20, porém, é o preço. Enquanto os helicópteros não saem por menos de 30 milhões de yuans cada (o equivalente a R$ 20 milhões), o carro voador deve custar cerca de 7 milhões de yuans (R$ 4 milhões no câmbio atual), como mostrou o jornal China Daily.

China apresenta novo carro voador que leva 5 pessoas e viaja a 260 km/h
Renderização do modelo E20. Imagem: TCab Tech/Divulgação

O que são e como funcionam os eVTOL

Muitas vezes chamados assim, esses veículos não são realmente “táxis aéreos” ou “carros voadores”. Tratam-se de aeronaves de pouso e decolagem vertical que funcionam de maneira parecida com os helicópteros. Os eVTOL podem pousar e decolar do topo de edifícios, parques de estacionamento ou heliportos, por exemplo.

Mas uma diferença importante é que esses veículos aéreos são mais ecológicos, uma vez que o abastecimento vem de baterias elétricas, e não de combustíveis.

Gigantes da aviação como Embraer, Airbus, Boeing e startups de diversos países estão em uma corrida para mudar a mobilidade urbana nos próximos anos. Entre as líderes do setor são estão empresas como Archer, Lilium e Joby Aviation.

Assine a newsletter do Gizmodo

Fonte: Gizmodo