NFT de iate virtual para metaverso é vendido por R$ 3,6 milhões | Tecnologia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A propriedade de um iate virtual desenvolvido para ser usado em um jogo foi vendida por US$ 650 mil (cerca de R$ 3,6 milhões). O negócio envolveu o NFT (token não fungível) do item, que foi avaliado em 149 unidades da criptomoeda ether na última segunda-feira (22).

O iate virtual foi criado pela Republic Realm, empresa especializada em desenhar objetos para serem usados no metaverso, uma espécie de universo virtual que tem recebido a atenção de empresas como a Meta, controladora do Facebook.

O modelo do “iate” que teve seu NFT leiloado é conhecido por “The Metaflower Super Mega Yacht”. Ele foi criado para ser usado em The Sandbox, jogo para Android e iOS em que usuários podem participar de um mundo virtual.

“Este leilão marca o preço mais alto pago por um NFT de The Sandbox e um momento emocionante para todos os membros da comunidade Fantasy”, disse a Republic Realm.

A embarcação virtual é descrita como um “megaiate ultra luxuoso”. Ela conta com cabine de DJ, heliporto e banheira de hidromassagem virtuais, e dá ao usuário acesso à uma área restrita do jogo, chamada de Fantasy Marina.

A Republic Realm tem outros itens virtuais à venda. Entre as embarcações, há uma lancha avaliada em 5,1 ether (ou R$ 126 mil) e um jet ski avaliado em 0,7 ether (R$ 17 mil).

A venda de objetos virtuais não se restringe a veículos. Na última terça-feira (23), um terreno virtual na plataforma Decentraland foi vendido por US$ 2,4 milhões (R$ 13,4 milhões).

O metaverso, onde os itens poderão ser usados, atrai a atenção de empresas como o Facebook, que mudou de nome para Meta, e da Microsoft, que pretende usar o conceito em reuniões de trabalho.

NFT: 5 pontos sobre a tecnologia que torna um arquivo digital ‘único’

NFT: 5 pontos sobre a tecnologia que torna um arquivo digital ‘único’



Fonte: G1