Netflix passa a taxar senha compartilhada; veja


Netflix pretende lançar mais 40 games até dezembro

Imagem: Unsplash/Reprodução

Para aqueles que emprestam a senha da Netflix aos amigos, atenção: agora, é preciso ficar de olho nas cobranças. A Netflix anunciou nesta terça-feira (23) que vai cobrar um valor adicional de R$ 12,90/mês de quem compartilhar senhas fora de sua residência.

A cobrança já vale no Brasil, nos Estados Unidos e em mais de 100 outros países. A Netflix explica que o titular da conta pode comprar um ponto extra por R$ 12,90 ou transferir o perfil do outro usuário, que, por sua vez, terá que adquirir uma nova assinatura.

A mudança foi anunciada pela empresa em outubro de 2022 e visa combater uma prática que, segundo dados do serviço de streaming, é repetida por mais de 100 milhões de assinantes da plataforma.

“A conta Netflix deve ser usada por uma única residência. Todas as pessoas que moram nesta mesma residência podem usar a Netflix onde quiserem, seja em casa, na rua, ou enquanto viajam”, destaca a companhia, em nota.

Netflix tem queda de clientes por causa de senha

A gigante do streaming está sofrendo com a perda de usuários e tem buscado formas de aumentar a receita. A taxação para compartilhamento de senhas faz parte desse esforço. Em 2022, a Netflix registrou perda de 200 mil assinantes somente entre janeiro e março daquele ano.

A plataforma acredita que a queda no número de novos clientes se deve ao compartilhamento de contas. Para a empresa, muitos potenciais clientes que poderiam pagar pelo serviço não o fazem porque têm acesso a contas de amigos próximos ou familiares.

Leia também no Giz Brasil: Netflix contrata Arnold Schwarzenegger para trabalhar como “chefe de ação”

Assine a newsletter do Gizmodo

Fonte: Gizmodo