Nasa encontra poços lunares com temperaturas ideais para seres humanos


A Nasa anunciou ontem a descoberta de “locais sombreados” dentro de poços na Lua, com temperaturas em torno dos 17ºC. A agência espacial norte-americana usou dados da sonda espacial LRO (Orbitador de Reconhecimento Lunar). Segundo a agência, as cavernas são termicamente estáveis para exploração lunar, já que a superfície da Lua registra 127ºC durante o dia e tem 173ºC negativos à noite.

Os poços foram descobertos na Lua em 2009 e os cientistas agora questionam se as cavernas podem ser exploradas ou usadas como abrigos, já que nelas há proteção contra raios cósmicos, radiação solar e micrometeoritos nesses locais.

Tyler Horvath, que liderou a pesquisa publicada recentemente na revista Geophysical Research Letters, diz que dos mais de 200 poços, cerca de 16 são “tubos de lava colapsados”. Também encontrados no planeta Terra, os tubos de lava se formam quando lava derretida flui sob um campo de lava resfriada ou uma crosta se forma sobre um rio de lava, deixando um longo túnel.

Noah Petro, do Centro de Voo Espacial da Nasa em Greenbelt, afirmou que a descoberta é “fascinante”.

“Os poços lunares são uma característica fascinante na superfície lunar. Saber que eles criam um ambiente térmico estável nos ajuda a pintar uma imagem dessas características lunares únicas e a perspectiva de um dia explorá-las”.

David Paige, um dos autores do artigo que fez as medições de temperatura usadas no estudo, diz que os homens podem voltar a viver em cavernas, mas agora as lunares.

“Os humanos evoluíram vivendo em cavernas, e para cavernas podemos retornar quando vivermos na Lua”.

A equipe também acredita que a parte sombreada dos poços é a responsável pela temperatura constante, limitando o calor durante o dia e fazendo com que ele irradie à noite.



UOL Tecnologia