Míssil supersônico chega a 6.190 Km/h; cinco vezes a velocidade do som

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Imagine um míssil que voa a 6190 Km/h. Pois essa foi a velocidade atingida em um teste com um um protótipo de míssil hipersônico da empresa Lockheed Martin, em uma demonstração da tecnologia para as Forças Armadas dos EUA. O armamento atingiu cinco vezes a velocidade do som, que é de 1238 Km/h. E o mais intrigante: a velocidade se manteve por um longo período de tempo no ar.    

Marco no programa hipersônico 

O comportamento do míssil supersônico foi tão surpreendente que as autoridades tanto militares quanto científicas já estão classificando o feito com um marco no programa hipersônico, que tem como objetivo a realização de operações militares em velocidades mais rápidas e com maior eficiência em comparação às tecnologias existentes no mercado. 

publicidade

“Ainda estamos analisando os dados dos testes de voo, mas estamos confiantes de que forneceremos à Força Aérea e à Marinha dos EUA excelentes opções para diversificar a tecnologia disponível para suas futuras missões”, disse Andrew Knoedler, gerente do programa HAWC da DARPA para o escritório de tecnologia tática. 

Segundo nota oficial da Lockheed, o veículo atingiu uma altitude de 65.000 pés (cerca de 19.812 metros), que é o dobro da altitude de cruzeiro de um voo comercial típico. O míssil poderá ser utilizado para “lidar com ameaças emergentes rapidamente na arena de segurança global”, afirmou John Clark, vice-presidente e gerente geral da Lockheed Martin, Skunk Works.

Ilustração artística mostra como é o míssil hipersônico, que poderá ser a grande novidade entre os armamentos recém adquiridos pelas Forças Armadas dos EUA. Imagem: Divulgação / Lockheed Martin

Assim, os EUA dão um passo à frente na corrida armamentista, principalmente em relação às constantes ameaças vindas da Coreia do Norte, que ameaça realizar um novo teste nuclear nos próximos dias, após ter lançado um míssil balístico na última quarta-feira (4). 

Leia mais:

Diplomacia nada amigável  

Os mísseis supersônicos possivelmente não serão as primeiras encomendas das Forças Armadas dos EUA à Lockheed Martin. A Marinha já adquiriu mísseis balísticos nucleares UGM-133A Trident II D5, lançados por submarino, em uma compra de US$ 396,7 milhões, o equivalente a R$ 1,9 bilhão. 

A tensão com a Coreia do Norte aumentou nos últimos dias em razão do vazamento de informações que revelam que o líder Kim Jong Un está programando um possível teste nuclear para este mês, que seria o primeiro desde 2017.

Com uma diplomacia nada amigável com os EUA, a Coreia do Norte já lançou seis testes nucleares antes de se reunir três vezes (2017-2021) com o ex-presidente norte-americano, Donald Trump.   

No entanto, as reuniões não tiveram avanços significativos e, agora, Kim Jong Un preocupa novamente a Casa Branca sob os olhares atentos de Joe Biden. 

Via: Space.com

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!





Source link