Microsoft, Nintendo e Sony estão fora da E3 2023; entenda o motivo


A E3, uma das maiores feiras de games do planeta, voltará ao formato presencial após quatro anos. No final do ano passado, a empresa responsável pela organização do evento, a ReedPop, confirmou que a conferência acontece entre os dias 13 e 16 de junho.

No entanto, o retorno deve ser desfalcado de grandes nomes. Informações obtidas pelo portal IGN revelam que três das empresas mais importantes da indústria dos games, Microsoft, Sony e Nintendo, não devem participar da edição 2023.

A ausência das três gigantes pode diminuir a importância da feira, mas também deve aumentar o protagonismo de companhias menores que acabam ofuscadas em eventos do tipo.

A ausência da Nintendo é uma grande surpresa, já que ela é uma das principais apoiadoras do evento, e esteve presente na última edição presencial, em 2019. De acordo com informações do site Videogames Chronicle, a empresa não deve participar por conta porque não tem muitos grandes lançamentos previstos para esse ano.

No caso da Microsoft, a ausência se dá em razão da empresa planejar realizar uma apresentação de suas novidades em um evento próprio na mesma época em que a E3 acontece. Além disso, a companhia acabou de anunciar um corte de 10 mil funcionários que acabou afetando as subsidiárias dedicadas ao mercado de games.

No caso da Sony não houve muita surpresa, já que a empresa também esteve de fora da edição de 2019. A PlayStation também não estaria presente na edição de 2020, que acabou cancelada em razão da pandemia de Covid-19. Ela também tem preferido apostar em eventos próprios para apresentar suas novidades há pelo menos cinco anos.

Assine a newsletter do Gizmodo

Fonte: Gizmodo