Microsoft admite que PlayStation 4 vendeu mais que o dobro do Xbox One


A luta da atual geração de consoles, entre PlayStation 5 e Xbox Series S/X, continua a todo vapor. Mas o round anterior teve um claro vencedor: o PlayStation 4.

Depois de esconder números por quase 7 anos, a Microsoft revelou que as vendas do Xbox One foram menos da metade do que as do PS4. As informações constam em documentos oficiais, em português, enviados ao Regulador Nacional de Concorrência do Brasil, datados em 9 de agosto.

O material afirma que “a Sony superou a Microsoft em termos de vendas de consoles e base instalada, tendo vendido mais do que o dobro do Xbox na última geração”. O texto ainda aponta a Sony como a maior distribuidora digital de jogos de console (no Brasil e no mundo).

A admissão da Microsoft acontece em meio à longa investigação sobre sua intenção de adquirir a desenvolvedora de jogos Activision Blizzard, por quase US$ 70 bilhões.

As informações das receitas totais estão restritas no arquivo, mas já dá para ter uma ideia sobre as vendas na tabela de distribuição digital de jogos para console (global) entre 2020 e 2021. Nela, a Sony aparece em primeiro lugar, com uma presença de 50-60% no mercado, seguida pela Microsoft com 30 a 40% e, em terceiro, a Nintendo com 10-20%.

Especula-se que a Sony tenha vendido 117,2 milhões de PS4. Considerando as novas informações, isso deixaria o Xbox One na faixa dos 58 milhões de unidades vendidas.

Os dados batem com uma pesquisa de mercado feita em 2020 pela Ampere Analysis. No estudo, o console da Microsoft havia vendido cerca de 51 milhões de unidades até o final do segundo trimestre daquele ano.

Na geração atual de aparelhos, a Ampere também dá vitória à Sony. A empresa japonesa teria encerrado 2021 com 17 milhões de PS5 vendidos, cerca de 60% a mais que o Xbox Series.

O presidente executivo da Microsoft, Satya Nadella, chegou a se comunicar positivamente, apesar da nota sobre o declínio na receita trimestral do Xbox. Nadella disse que a empresa “é líder de mercado na América do Norte por três trimestres consecutivos entre os consoles de última geração”. Os números oficiais não foram revelados.

Vale lembrar que a Microsoft tem investido pesado nos modelos mais recentes do Xbox Series S/X, principalmente somando a experiência dos consoles anteriores. Pode-se citar, em destaque, o suporte para a resolução de 1440p, games em 120Hz, além do recurso de taxa de atualização variável (VRR) – que previne os ‘rasgos’ – ou bugs – na tela, e que é interessante para quem joga competitivamente.



UOL Tecnologia