Justiça suspende processo do Twitter contra Elon Musk para conclusão de compra


Twitter/Elon Musk

Imagem: Unsplash/Reprodução

A novela da aquisição do Twitter por Elon Musk e ganhou um novo capítulo. A justiça suspendeu o processo movido pela empresa contra Musk para que o acordo possa, enfim, ser concretizado. As partes tem até 17h do dia 28 de outubro para concluir a negociação, ou terão que partir para uma batalha nos tribunais.

Nesta semana, o bilionário voltou atrás e decidiu prosseguir com a compra da plataforma pelo valor apresentado inicialmente — US$ 54,20 por ação. No entanto, o processo pela desistência do acordo, em julho deste ano, ainda segue na justiça americana.

Com a retomada das negociações, a defesa de Musk pediu à justiça o cancelamento do julgamento da ação movida pelo Twitter, mas, de acordo com o jornal The New York Times.  O Twitter segue irredutível e deseja manter o processo até que o acordo esteja finalizado e os acionistas todos pagos, o que pode atrapalhar os planos de Musk de evitar uma batalha nos tribunais.

A Bloomberg informou que Musk está disposto a deixar de lado um processo em que acusa executivos da empresa de fraude por supostamente enganá-lo sobre o número real de contas falsas existentes na rede social. Além disso, a defesa de Musk não está nada feliz com a decisão do Twitter em manter o processo, afirmando que a postura adotada pela administração do empresa está colocando a negociação em risco.

Anteriormente, o julgamento estava marcado para 17 de outubro, mas o juiz suspendeu o processo após pedido do grupo de advogados de Musk. Os representantes do empresário afirmaram que o negócio será fechado até o dia 28 deste mês.

A novela se estendeu mais do que era esperado, mas parece que ela está, finalmente, se encaminhando para um fim. No entanto, considerando a facilidade e frequência com que Elon Musk se mete em polêmicas, não seria nenhuma surpresa acompanhar mais uma reviravolta nesta história.

Assine a newsletter do Gizmodo

Fonte: Gizmodo