James Bond vai fazer 60 anos, mas a vaga de 007 segue sem dono; quem será?


007

Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons

O lendário espião James Bond está perto de fazer 60 anos em outubro. No entanto, a vaga para interpretar o espião mais famoso do mundo segue em aberto.

E aí surge o questionamento: quem será o novo 007? Os produtores da franquia Barbara Broccoli e Michael G. Wilson já adiantaram para o site Variety: o ator escolhido o papel, tem que estar consciente que será um longo tempo personificando James Bond.

Um dos favoritos para o papel era Idris Elba. No entanto, segundo a Variety, a estrela de “Luther” disse recentemente que não vê Bond quando “se olha no espelho” – comentário que alguns interpretaram como a despedida de Elba para 007.

De acordo com o portal, os produtores de 007 não tinham falado recentemente com o antigo candidato a Bond no momento da entrevista, mas eles dizem que entendem o posicionamebto dele. “Ele é ótimo”, diz Wilson, e Broccoli rapidamente acrescenta: “Nós amamos Idris”.

Os responsáveis pelo futuro da franquia no cinema amam Idris Elba, mas sua idade acabou deixando-o de fora da lista de candidatos a novo protagonista. Atualmente, o astro está com 50 anos e, caso as filmagens comecem em 2024, só deixaria o personagem aos 62.

“A questão é que vai demorar alguns anos”, observa ela. “E quando contratamos Bond, é um compromisso de 10, 12 anos. Então ele provavelmente está pensando: ‘Eu realmente quero essa coisa? Nem todo mundo quer fazer isso. Foi difícil o suficiente conseguir [Daniel Craig para fazer isso].” Wilson intervém: “E ele tinha 30 e poucos anos na época!”

Para quem não se lembra, Daniel Craig tinha 38 anos quando “007: Cassino Royale” estreou. Vale apontar que as cenas de ação da franquia exigem muito de seus astros. Craig, que completou 54 anos em março deste ano, já havia falado abertamente sobre o quanto filmar é exaustivo.

Daniel Craig revela o motivo de se despedir como 007

Os requisitos

A maioria dos jovens atores, afirma os produtores, pensam que querem fazer Bond, mas não entendem completamente o compromisso de levar uma franquia por muitos anos. “Muitas pessoas pensam: ‘Ah, sim, seria divertido fazer um’’, Broccoli ri alto. “Nós iremos. Isso não vai funcionar”. É também uma questão de recursos para a Eon Productions, explica Wilson. “É um grande investimento para nós também, lançar um novo Bond.”

Em última análise, os produtores afirmam que o processo de seleção de elenco não é simplesmente escolher alguém para um papel em um filme. “É por isso que, quando as pessoas vão, ‘Oh, quem você vai pegar?’ não se trata apenas de escalar um ator para um filme. É sobre uma reinvenção e ‘para onde estamos levando isso? O que queremos fazer com o personagem?’”, diz Broccoli. “E então, quando descobrirmos isso, quem é a pessoa certa para essa reinvenção em particular?”

Como Pierce Brosnan disse uma vez, ela cita: “Mais pessoas andaram na lua do que interpretaram James Bond”. De fato, houve apenas seis atores de Bond até hoje desde o primeiro filme, “Dr. No”, em 1962: Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalton, Brosnan e Daniel Craig, que recentemente deixou o papel após 13 anos.

Henry Cavill?

Nas casas de apostas britânicas, o favorito do público para assumir o papel é Henry Cavill. Mas Idris Elba e Regé-Jean Page também estão bem cotados para trazer uma dose de diversidade para o personagem. Outros nomes sugeridos são Tom Hardy, Chiwetel Ejiofor, Aidan Turner, Luke Evans, Jamie Dornan e até Lashana Lynch, que se tornou a nova 007 em “Sem Tempo para Morrer”.

Vale lembrar que os produtores farão um programa de TV baseado em Bond. Conforme revelado pela Variety no início deste ano, o Prime Video da Amazon deu sinal verde para sua primeira série de TV baseada no icônico espião britânico com o reality show de aventura “007’s Road to a Million”, uma versão ao estilo Bond de uma corrida ao redor do mundo.

O filme mais recente de Bond é “007 – Sem Tempo Para Morrer”, que marcou a despedida de Daniel Craig do papel. O longa contou com direção de Cary Fukunaga e arrecadou US$ 774 milhões nas bilheterias mundiais. No Brasil, o longa está disponível para streaming no Telecine e para aluguel nas plataformas digitais. Os outros filmes da franquia podem ser conferidos no Amazon Prime Video.

Fonte: Gizmodo