Elon Musk garante mais de US$ 7 bilhões em financiamento de investidores para compra do Twitter | Tecnologia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Entre os investidores está o cofundador da Oracle Corp, Larry Ellison, que é membro do conselho da Tesla e amigo íntimo de Musk. Ele comprometeu US$ 1 bilhão para o financiamento.

A medida ocorreu após o empréstimo de margem de Musk ter sido reduzido para US$ 6,25 bilhões, ante US$ 12,5 bilhões anunciados anteriormente, ainda conforme o documento. O compromisso de financiamento de US$ 21 bilhões também foi revisado para US$ 27,25 bilhões.

O investidor da Arábia Saudita, príncipe Alwaleed bin Talal, que inicialmente se opôs à compra, também concordou em investir sua participação de US$ 1,89 bilhão no acordo, em vez de sacar.

Musk continuará conversando com os atuais acionistas do Twitter, incluindo o ex-chefe da empresa, Jack Dorsey, para contribuir com ações para a aquisição proposta, revela o documento.

A Qatar Holding e a Vy Capital, com sede em Dubai, também investidora no outro empreendimento de Musk, The Boring Company, também fazem parte do grupo de investidores.

As ações do Twitter subiram cerca de 2,9% a US$ 50,5 antes do gongo, ainda abaixo da oferta de Musk de US$ 54,20.

Elon Musk e o Twitter: Uma relação antiga e polêmica

Elon Musk e o Twitter: Uma relação antiga e polêmica

Na última terça-feira (3), o bilionário disse que o Twitter pode cobrar uma taxa “leve” para usuários comerciais e governamentais, como parte do esforço do bilionário para aumentar a receita da rede social que está comprando.

“O Twitter sempre será gratuito para usuários casuais, mas talvez com um pequeno custo para usuários comerciais/governamentais”, disse Musk em um tuíte. “Alguma receita é melhor do que nenhuma!” acrescentou.

O Twitter se recusou a comentar quando contatado pela Reuters.

Na semana passada, a Reuters informou que Musk disse aos bancos que desenvolveria novas maneiras de monetizar tuítes e cortar o pagamento de executivos para reduzir custos da empresa.

Ele também disse aos bancos que planeja desenvolver recursos para aumentar a receita dos negócios, incluindo novas maneiras de ganhar dinheiro com tuítes que contenham informações importantes ou se tornem virais, disseram fontes à Reuters.

Entenda o que pode mudar com a compra do Twitter pelo empresário Elon Musk

Entenda o que pode mudar com a compra do Twitter pelo empresário Elon Musk

Em tuítes que foram posteriormente excluídos, Musk sugeriu mudanças no serviço de assinatura premium do Twitter Blue, incluindo redução de preço, proibição de publicidade e opção de pagamento na criptomoeda dogecoin.

Depois de fechar o acordo para comprar o Twitter por US$ 44 bilhões na semana passada, Musk disse que quer aprimorar a plataforma com novos recursos e tornar os algoritmos de código aberto para aumentar a confiança.



Fonte: G1