Elon Musk diz que dorme no sofá no Twitter e que seu cachorro é o CEO


Em entrevista à BBC News, o dono do Twitter afirmou que dorme em um sofá dentro da sede da empresa e que seu cachorro, Floki, é o verdadeiro CEO por trás da empresa.

O que aconteceu

Elon Musk, que também é dono da Tesla e da SpaceX, admitiu que só concluiu a compra do Twitter porque um juiz estava prestes a obrigá-lo a isso. Ano passado, Musk chegou a desistir da compra, mas depois voltou atrás. A rede social custou 44 bilhões de dólares ao magnata, traduzidas em boa parte das ações de suas outras empresas, que teve de vender.

O bilionário questionou se jornalistas devem decidir o que é verdade ou não, e disse que confia mais nas “pessoas comuns”. Musk afirmou que desde que assumiu, a desinformação nas redes diminuiu, mas estudos mostram que ocorreu o oposto.

Sobre a onda de demissões no Twitter, Musk defendeu sua abordagem. Durante a entrevista, argumentou que “se o navio inteiro afundar, ninguém terá um emprego”.

Além disso, o australiano afirmou que dorme em “uma sala aonde ninguém vai” no escritório do Twitter, e que o diretor-executivo da rede social é, na verdade, seu cachorro.



UOL Tecnologia