Cirurgião plástico com mais de 500 mil seguidores é acusado de erros graves por pacientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Um grupo de dez mulheres denunciaram o cirurgião plástico Dalvo Neto por complicações e sequelas após cirurgias plásticas. A Polícia Civil do Ceará abriu um inquérito por lesão corporal contra o médico, conforme mostrou o programa “Fantástico”, da TV Globo, neste domingo (10).

A defesa do cirurgião plástico Dalvo Neto negou as acusações de lesão corporal e alega que as complicações das pacientes ocorreram por falta de cuidado. De acordo com o médico, as denúncias seriam parte de uma “política de disseminação de ódio nas redes sociais“.

publicidade

Médico faz sucesso nas redes sociais

Com mais de dez anos de experiência, Dalvo Neto é um dos principais cirurgiões plásticos da cidade de Fortaleza, com um consultório em um bairro nobre da capital cearense. Nos últimos tempos, o cirurgião se tornou mais conhecido por conta de uma divulgação intensa de seu trabalho nas redes sociais.

Na reportagem exibida pelo “Fantástico”, uma das pacientes contou que seu seio direito começou a necrosar uma semana depois da cirurgia. De acordo com a paciente, ao entrar em contato com o médico, ela foi informada de que aquele era um caso único e que tudo ficaria bem em pouco tempo.

Uma segunda paciente, que veio da Espanha especialmente para fazer um procedimento com Dalvo Neto, também sofreu com sequelas após a cirurgia. Ao voltar para seu país e se consultar com uma médica local, ela foi informada de que seus seios estavam necrosados.

Leia mais:

Uma terceira disse que foi orientada a seguir com a sua prótese, mesmo com ela apresentando um aspecto muito diferente do que era esperado. Porém, pouco tempo depois, a prótese acabou se rompendo. Outros pacientes também reclamaram de grandes cicatrizes e resultados diferentes do desejado.

Resposta de Dalvo Neto

Após a exibição da reportagem, o médico restringiu sua conta no Instagram e desativou seu perfil no Facebook. Crédito: Instagram/Reprodução

Em nota enviada à reportagem da TV Globo, Dalvo Neto negou todas as acusações e declarou que já realizou mais de 3 mil cirurgias plásticas, com um alto índice de satisfação. O médico também disse que procurou refazer as cirurgias em todas as pacientes que reclamaram do resultado.

“Em todos os casos que me foram procurados eu, sim, me preocupei demais em refazer a cirurgia, ou refazer a queixa. Fazer um refinamento de qualquer queixa que elas tivessem”, disse Neto. O cirurgião também disse não se considerar responsável pelos casos.

De acordo com o cirurgião, os casos de necrose e cicatrizes fora do normal se deram por conta de falta de cuidado durante o pós-operatório. “Infelizmente, nós médicos, não podemos garantir 100% de eficácia” afirmou Dalvo Neto, que disse sempre se prontificar para apoiar seus pacientes no que for preciso.

Via: UOL

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!





Source link