Ameaçada de extinção, nova espécie de cobra é descoberta no Paraguai

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Pesquisadores descobriram uma nova espécie de cobra no Paraguai, pertencente ao gênero Phalotris, o animal era até então desconhecido e não venenoso, sendo encontrado enquanto eles desenvolviam um projeto da Fundação Para La Tierra. O estudo foi publicado na revista científica Zoosystematics and Evolution.

O gênero é composto por serpentes semi-subterrâneas – podendo ser pequeno a médio porte – e presentes pela América do Sul, em países como Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina. O time de pesquisadores composto por Paul Smith, Jean-Paul Brouard e Pier Cacciali chamaram a cobra de Phalotris shawnella em homenagem a duas crianças, Shawn Ariel Smith Fernández e Ella Bethany Atkinson, nascidas em 2008, no mesmo ano em que a Fundação Para La Tierra foi criada.

publicidade

A escolha foi porque as crianças inspiraram os fundadores da organização a construir um mundo melhor para as próximas gerações, de acordo com o próprio comunicado. O trio descobriu o réptil ao cavar um poço no Rancho Laguna Blanca e achar dois espécimes e com isso, foi realizada uma extensa revisão da literatura sobre os espécimes já existentes, deixando claro as diferenças para indicar uma nova espécie.

Nova cobra já corre risco de extinção
Imagem: Reprodução/Jean-Paul Brouard

Leia mais:

Os especialistas comentaram que esse tipo de cobra possui o hábito de viver no subsolo e ter uma combinação de cores vermelha, preta e amarela. Uma das seus grandes diferenciais é a cabeça avermelhada, o colar amarelo, uma faixa lateral preta e escamas ventrais laranjas com manchas pretas irregulares.

Inclusive, apenas três espécimes de P. shawnella foram identificados até o momento e somente em dois locais do mundo. Por isso, a espécie é considerada ameaçada de extinção. Os dois lugares em que foram encontradas (Laguna Blanca e Colônia Volendam) estão a apenas 90 quilômetros de distância.

A nova espécie de cobra é potencialmente florestal, sendo que a área em que foi encontrada é uma região agrícola e impulsiona a necessidade para a conservação da espécie. Por fim, os cientistas alertaram que a proteção dessa área deve ser prioridade nacional, pois a Laguna Blanca foi designada como Reserva Natural por 5 anos, entretanto, não conta com nenhum tipo de proteção.

Nomeada como Phalotris Shawnella
Imagem: Reprodução/Jean-Paul Brouard
Nova cobra é descoberta no Paraguai
Imagem: Reprodução/Jean-Paul Brouard

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link