Morre Marlene Matheus, ex-presidente do Corinthians, aos 82 anos

0
59

Morreu na noite desta terça-feira (2) a ex-presidente do Corinthians, Marlene Matheus, aos 82 anos. A ex-dirigente, única mulher a comandar o Corinthians, também era viúva do ex-presidente do clube, Vicente Matheus. A morte foi confirmada pelo advogado Armando Bravo Alba. A causa ainda não foi revelada.

Marlene Matheus foi presidente do Corinthians entre os anos de 1991 a 1993. O clube não ganhou nenhum título sob o seu comando. Marlene sempre teve papel importante no comando alvinegro. O último cargo que assumiu oficialmente foi em 2007, na administração de Andrés Sanchez, quando foi nomeada vice-presidente social. Pouco depois, Matheus rompeu com Sanchez.

A ex-presidente permaneceu ligada a política alvinegra até o ano passado, quando apoiou a candidatura de Roque Citadini na eleição presidencial vencida por Andrés Sanchez.

Casal Matheus

Marlene e Vicente se conheceram na comemoração da conquista do título paulista do IV Centenário, em 1954. Se casaram apenas 14 anos depois, em 1968. Marlene Matheus começou a trabalhar dentro do Corinthians em 1971, quando seu marido era vice-presidente. Desde então, se tornaram um dos casais mais icônicos da história alvinegra.

Depois do mandato de Vicente e do primeiro título brasileiro do Corinthians, em 1990, Marlene se candidatou como sucessora do marido e venceu. Se tornando a primeira mulher presidente do Corinthians e a comandar uma grande equipe do futebol brasileiro. Vicente Matheus morreu em 1997.

Conteúdo exportado via Portal de Notícias Administrável Hotfix