Trindade faz milagre e se emociona com parto bizarro de filho · Notícias da TV


Trindade (Gabriel Sater) ressurgirá em um momento desesperador de Pantanal: o parto do filho com Irma (Camila Morgado). A ruiva estará prestes a sucumbir, pois a criança não sairá do útero de jeito nenhum, mas o endiabrado conseguirá arrancá-la dos braços da morte. Ele também cortará todos os laços entre o bebê e o capeta na novela das nove da Globo.

O peão entrará na fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira) junto de uma “lufada de vento que balançará as cortinas”, como definiu Bruno Luperi, em cenas que devem ir ao ar nesta sexta (23). A essa altura, a gestante já terá sofrido muito. Filó (Dira Paes), responsável pelo parto, estará seriamente preocupada com o estado da dondoca.

Após horas a fio, a governanta pedirá para a mulher parar de fazer força e descansar. Enquanto isso, a ex-prostituta sairá do quarto para comentar sobre a gravidade da situação com Zefa (Paula Barbosa) e Maria Bruaca (Isabel Teixeira).

Sozinha, Irma se renderá ao cansaço e ao desespero e desmaiará. Ela mal ouvirá os passos mansos vindos da janela, como num sonho, e pouco sentirá mãos macias tocando seu rosto.

Ocê num tá sozinha, princesa…”, dirá o foragido, emocionado. Ele explicará que ouviu o chamado do filho, e a ruiva vai tirar uma conclusão precipitada: à beira da morte, o menino só pode ter chamado o pai para se despedir.

“A única pessoa que veio se despedir eu”, retrucará o músico. A filha de Mariana (Selma Egrei) afirmará que sequer sente mais a criança. O peão pedirá calma e colocará a mão na barriga da ex, de olhos fechados e concentrado. Ela relaxará, e o menino vai nascer como num passe de mágica.

O pai pegará o herdeiro no colo, emocionado, e se manterá impassível enquanto a criança soltará uma gargalhada bizarra –bem diferente do choro comum dos bebês.

Trindade (Gabriel Sater) ajuda Irma (Camila Morgado) a dar à luz em Pantanal

Trindade ajuda Irma a dar à luz

Apesar do estado de torpor, a mãe do recém-nascido ouvirá o som. Ela questionará o personagem de Gabriel Sater, que, como sempre, será misterioso. “Esse capetinha tem mais vida que eu e ocê“, cravará ele.

“E não está chorando por quê?”, insistirá a carioca. “Ele num tem mais motivo nenhum pra chorá. Eu cortei o laço que prendia a vida da gente. E vô carregá comigo a nossa promessa”, dirá o violeiro, lançando um último olhar ao filho. Ele, então, entregará a criança para a mãe e desaparecerá.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a novela Pantanal foi exibida em 1990 pela extinta Manchete (1983-1999). O remake da Globo é adaptado por Bruno Luperi, neto do criador da história, e ficará no ar até outubro. Em seguida, a Globo vai estrear Travessia, trama de Gloria Perez.

Leia os resumos dos próximos capítulos da novela Pantanal


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Listen to “#116 – Juma vira onça, mata um e dá à luz em Pantanal!” on Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:



Noticias da TV