Solano faz carnificina para vingar morte de Roberto



Solano (Rafael Sieg) cometerá um crime horripilante em Pantanal. Após matar Roberto (Cauê Campos) e jogar a culpa numa sucuri, o crápula simplesmente vai abater todos os animais da espécie na região. O massacre será uma ordem de Tenório (Murilo Benício), que tentará desesperadamente encontrar o corpo do filho –embora o capanga saiba muito bem onde o cadáver estará na novela das nove da Globo.

O rapaz será assassinado nesta quinta (8), após um embate ferrenho com o pai. Ele sairá em um passeio de barco com o suposto peão da família, mas uma cobra invadirá a embarcação e ameaçará o matador. Solano cairá no rio, desesperado, e o caçula estenderá a mão para ajudá-lo. O crápula aproveitará o apoio para jogar o personagem de Cauê Campos na água.

A essa altura, o paulistano já estará desconfiado do envolvimento do pai no sumiço de José Lucas (Irandhir Santos). Por isso, ao vê-lo frágil, o assassino de aluguel decidirá se livrar do patrãozinho de vez. Ele ligará o barco e cairá fora. Largado para trás, o jovem morrerá afogado.

Mas o cínico inventará uma história mirabolante para justificar seu crime. Ele dirá que uma sucuri engoliu o estudante, e a notícia deixará Tenório transtornado. Para tentar rever o corpo do filho, o grileiro mandará o capanga arreganhar o bucho de cada sucuri que ver pela frente.

O personagem de Rafael Sieg nem titubeará. Ele mutilará vários animais, que cairão ao seu redor, abertos e ensanguentados. Serão tantos bichos mortos que ele não conseguirá esconder a cena de Zuleica (Aline Borges). A enfermeira flagrará o massacre no galpão dos peões.

“É aqui que você se esconde?”, questionará a mulher, perturbada. “Ara, dona Zuleica… A senhora quase me mata”, se assustará o assassino, pego desprevenido.  “Então é por isso que você tem faltado aos seus compromissos?”, perguntará ela, olhando os corpos de sucuris ao redor.

O criminoso tentará se explicar, mas a dona de casa recusará as desculpas. “Não fique brava com o patrão, dona Zuleica. Ele tá querendo encontrar o corpo do seu menino de tudo que é jeito”, consolará o bandido, falso. “Ele deveria ter se preocupado mais com o meu filho enquanto ele estava vivo“, cravará a profissional da área da saúde.

Mais tarde, José Leôncio (Marcos Palmeira) e sua trupe encontrarão o corpo de Roberto no fundo do rio. A constatação que a morte se deu por afogamento fará com que a família inteira desconfie do novo “peão”.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a novela Pantanal foi exibida em 1990 pela extinta Manchete (1983-1999). O remake da Globo é adaptado por Bruno Luperi, neto do criador da história, e ficará no ar até outubro. Em seguida, a Globo vai estrear Travessia, trama de Gloria Perez.

Leia os resumos dos próximos capítulos da novela Pantanal.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:



Noticias da TV