Mãe de Eliza Samudio se revolta com campanha virtual para goleiro Bruno · Notícias da TV



Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio (1985-2010), desabafou sobre a campanha de arrecadação virtual para o goleiro Bruno Fernandes, que deve mais de R$ 90 mil em pensão alimentícia para o filho. Nesta terça (16), a avó da criança opinou sobre a vaquinha e detalhou como o neto está atualmente.

“A vaquinha não está sendo feita para ajudar o Bruninho, o intuito é que o Bruno não vá para a prisão. Esses R$ 90 mil são o acumulado de quase três anos que o Bruno deve”, explicou Sônia em entrevista ao Fofocalizando, do SBT.

Para a atração vespertina, a avó ressaltou que foi procurada pelo atleta para fechar um acordo sobre a dívida. “Inclusive, aceitei um acordo que ele fez, que achava bom. Porém, ele deu para trás, não foi adiante. Voltou atrás com outros valores”, ressaltou.

Assim como a minha filha fez há 12 anos atrás, se alguma coisa vier a acontecer comigo, vocês podem ter certeza que é por parte do Bruno. Se tem uma pessoa que incomoda o Bruno hoje, em todos os sentidos, sou eu!

Sobre o neto de 12 anos, Sônia explicou que ele sabe parte do que aconteceu. “Ele sabe da história do pai e da mãe, o que houve. Quando ele tinha de oito para nove anos, ele me falou que queria treinar futebol, ser goleiro. A princípio, não aceitei com bons olhos”, recordou.

“Meu marido e a psicóloga conversaram comigo, me explicaram que não podemos fazer escolhas pelas pessoas. Meu companheiro mexeu em uma coisa: ‘Sônia, você tem que pensar no que a Eliza queria para o filho dela, o que ela gostaria’. Ela gostaria que ele fosse feliz, e meu neto é extremamente feliz quando está na quadra”, complementou.

Conforme revelado pelo Notícias da TV, Fernandes não foi preso até o momento pelo atraso da pensão por causa de uma trapalhada da Justiça. A 1ª Vara da Família de Cabo Frio (RJ) enviou o mandado para a Central de Cumprimentos de Mandados de Cabo Frio. No entanto, pela lei, quem deve cumprir ordens desse tipo é a Polícia Civil.

Devido a execução do mandado, a atual mulher do jogador abriu uma vaquinha digital para arrecadar fundos que quitem a dívida. A campanha já conta com mais de cem apoiadores e conseguiu mais de R$ 17 mil. No entanto, mesmo com as doações, a ação gerou indignação nas redes sociais.

Confira os vídeos:





Noticias da TV