Festa cancelada causa revolta e prejuízo financeiro a ex-peões · Notícias da TV



Kerline Cardoso e outros ex-peões de A Fazenda 14 armaram um barraco após serem dispensados da festa da final do reality. Eles acusaram a produção de desrespeito e admitiram ter sofrido prejuízos financeiros. “Ele [Bruno Tálamo] gastou R$ 1.000 na jaqueta dele para a festa”, contou a influenciadora.

Por meio de lives e Stories no Instagram, os ex-participantes fizeram reclamações sobre terem sido banidos da balada com os finalistas da temporada.

“Está tendo a maior gritaria no corredor. A gente já estava se arrumando para a lavação de roupa suja, quando a produção nos avisou que não teria mais a festa da final. Assim, do nada, faltando três dias para a final do programa. Já tinha movimentado equipe, cancelado agenda de trabalho, estando confinado podendo estar vivendo a nossa vida”, disse Kerline.

Na sequência, a influenciadora foi até o quarto de Bruno e disse que iria expor o gasto do jornalista com figuro. “Ele gastou R$ 1 mil na jaqueta dele para a festa final. Eu estou expondo tudo, não é para expor?”, continuou a ex-BBB.

Deborah Albuquerque foi outra ex-peoa que não poupou críticas à produção do programa. “Era a única festa que a gente não ia sofrer opressão, crime de ameaça. O pessoal alugou roupa, eu larguei o aniversário da minha filha. Sacanagem! Aí na lavação de roupa suja eles querem pôr a gente”, disparou a apresentadora.

Veja:


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo sobre reality show:



Noticias da TV