Voltaço recebe estagiários que vão auxiliar as categorias de base do clube

0
14


Volta Redonda – As comissões técnicas das categorias de base do Voltaço estão recebendo um reforço de peso. Alunos de cursos da Universidade de Vassouras, patrocinadora master do Esquadrão de Aço, estão realizando estágios no clube, contribuindo para a preparação dos pratas da casa tricolor.
O coordenador científico do departamento médico-científico do Voltaço, Cláudio Toledo, destacou que a vinda dos alunos faz parte de um projeto multidisciplinar e que visa alcançar diversos cursos da Universidade. Até o momento, três alunos de Educação Física, quatro da Liga de Medicina Desportiva e os estudantes que atuam na clínica Odontológica da Universidade realizaram atividades no clube. A expectativa é que nos próximos dias mais cursos seja inseridos, como, por exemplo, o de Psicologia.
– O patrocínio da Universidade de Vassouras é o maior da história do Volta Redonda porque vai muito além da camisa. É uma grande parceria, com muitas ações envolvendo os cursos da universidade e o dia a dia do clube. Com isso, temos uma troca muito importante, porque este projeto multidisciplinar contribui para elevar a estrutura do clube e, em contrapartida, temos certeza que estes estágios também agregam muito na formação dos alunos, que podem vivenciar na prática o ambiente de um clube profissional – destacou.
Além dos estágios, os alunos da Universidade de Vassouras estão tendo a oportunidade de conhecer um pouco da rotina de um dia de jogo da equipe profissional do Volta Redonda. O chamado match day, está trazendo estudantes da Universidade para acompanhar toda a estrutura montada para um dia de partida.
No confronto diante da Jacuipense-BA, no sábado, dia 10, três alunos do curso de Educação Física acompanharam a comissão técnica tricolor desde o pré-jogo até após a partida.
O aluno do 5° período de Educação Física Vanderson Silva é um dos estagiários que estão na base tricolor e esteve presente na ação. Ele falou sobre como está sendo a experiência de estagiar no Voltaço.
– O estágio no Volta Redonda está sendo fantástico. Estamos conseguindo conciliar o teórico com a prática e aprofundar ainda mais os conhecimentos adquiridos no dia a dia, porque estamos vivenciando na prática como é a atmosfera de um clube profissional. Mas não é só isso. Acabamos sentindo também a importância que o clube dá para a gente, nos incluindo em projetos, atividades, desde a categoria de base até o profissional, como testes físicos e tudo o que acontece em um dia jogo profissional. Com certeza, isso agrega ainda mais experiência na nossa formação profissional – afirmou Vanderson.

Foto: Divulgação





Fonte: Diário do Vale