Volta Redonda começa a virar um ‘grande canteiro de obras’

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Foto: Secom PMVR
Trabalhadores iniciam obras do pacote de mobilidade urbana

Volta Redonda – O prefeito Antonio Francisco Neto anunciou em janeiro que em 2022 Volta Redonda se transformaria em um grande canteiro de obras, que agora em maio já se tornou uma realidade. A cidade já tem em andamento uma série de investimentos nos mais diversos segmentos: Saneamento Básico, Saúde, Educação e Infraestrutura em geral. São mais de R$ 380 milhões em recursos próprios, parcerias com o Governo do Estado e emendas parlamentares que, segundo o prefeito, serão usados na reconstrução do município.

Com isso, estão em curso obras de pequeno, médio e de grande porte. Um dos principais focos está na melhoria da Mobilidade Urbana, já pensando no desenvolvimento do município pelas próximas décadas. São R$ 140 milhões que chegam em parceria com o Governo do Estado, para intervenções que contemplam pavimentação asfáltica em diversos trechos, sinalização, novas calçadas, ciclovias, uma nova ponte sobre o Rio Paraíba, dois viadutos e uma alça no viaduto Heitor Leite Franco. Muito esperada pela população, a parceria com o Estado vai garantir também a troca de toda iluminação pública da cidade, substituindo as luzes amarelas por LED. Detalhe: as novas lâmpadas começam a chegar ainda em maio.

 

Mais grandes obras

 

Entre as outras grandes obras que estão acontecendo ou, que se encontram na etapa de planejamento, estão ainda: a construção de uma nova rede de abastecimento de água da Avenida Almirante Adalberto de Barros Nunes, a Beira-Rio; reforma e aquisição de equipamentos para o Hospital Municipal Dr. Munir Rafful  (Hospital do Retiro); reforma e ampliação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h do bairro Santo Agostinho; e as obras para instalação do Centro Especializado de Reabilitação (CER III) na Arena Esportiva Nicolau Yabrudi, na Voldac.

A Estrada Volta Redonda-Getulândia, localizada no bairro Roma, receberá obras de recuperação e asfaltamento no segundo semestre. A Rua 33 também será inteiramente repaginada, assim como a Praça Pandiá Calógeras. Na Educação, três obras de revitalização em escolas estão em andamento, duas em processo licitatório e outras duas já licitadas e preparadas para dar início à ordem de serviço.

Na área do esporte, seis campos de futebol serão recuperados. E no complexo da Ilha São João, haverá troca do telhado, reforma do ginásio e banheiros, adaptação ao acesso pelo portão principal. Nesta semana, o Estado confirmou ainda a licitação para a construção do Museu da Ciência e Tecnologia, que ficará no bairro Laranjal.

O post Volta Redonda começa a virar um ‘grande canteiro de obras’ apareceu primeiro em Diário do Vale.



Fonte: Diário do Vale