Volta Redonda amplia a aplicação da vacina bivalente contra a Covid-19 para idosos acima de 65 anos

Volta Redonda amplia a aplicação da vacina bivalente contra a Covid-19 para idosos acima de 65 anos
Imunizante funciona como um reforço para quem já recebeu pelo menos duas doses de qualquer vacina contra a Covid-19. Imunossuprimidos acima de 12 anos continuam sendo vacinados. amplia a aplicação da vacina bivalente contra a Covid-19 para idosos acima de 65 anos
Lucas Rezende/Divulgação
Volta Redonda (RJ) ampliou, nesta quinta-feira (9), a aplicação da vacina bivalente contra a Covid-19 para idosos a partir de 65 anos.
Imunossuprimidos acima de 12 anos (veja lista abaixo) também continuam recebendo a dose, que está sendo aplicada em todas as unidades de saúde, de 8h às 16h.
Algumas unidades funcionam com horário estendido para atendimento até as 18h30. São elas: 249, Vila Mury, Açude I, Siderlândia, Jardim Paraíba, São Geraldo, Vila Rica/Tiradentes, Volta Grande, Santo Agostinho e Santa Cruz.
Para receber a bivalente, é preciso ter sido vacinado com pelo menos duas doses de qualquer outro imunizante contra a Covid-19, sendo a última dose aplicada há quatro meses.
No ato da vacinação, é necessário apresentar a caderneta de vacina, o CPF ou cartão SUS. No caso dos imunossuprimidos, também deve-se levar um laudo ou receita médica que comprove a condição clínica.
A vacinação com a bivalente seguirá um cronograma por grupos prioritários, divididos em fases. A expansão da aplicação para outros grupos depende da chegada de novas remessas ao município.
Lista de imunossuprimidos
Pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea
Pessoas vivendo com HIV (PVHIV)
Pessoas com doenças inflamatórias imunomediadas em atividade e em uso de corticoides em doses de 20mg/dia de prednisosa, ou equivalente, por 14 dias
Pessoas em uso de imunossupressores e/ou imunobiológicos que levem à imunossupressão
Pessoas com erros inatos de imunidade (imunodeficiências primárias)
Pessoas com doença real crônica em hemodiálise
Pacientes oncológicos que realizam tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses
pessoas com neoplasias hematológicas
Veja as próximas fases da aplicação da bivalente:
Fase 3: Gestantes e puérperas;
Fase 4: Trabalhadores da saúde;
Fase 5: Pessoas com deficiência permanente, população a partir de 18 anos de idade privada de liberdade, adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos) e funcionários do sistema de privação de liberdade.
Clique aqui e siga o g1 no Instagram
VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

Fonte: G1