Volta Redonda abre central de testagem para Covid-19 na Ilha São João

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Atendimentos médicos com agendamento prévio começarão a ser feitos nesta quarta-feira, dia 19; medida ocorre devido à alta procura pelos serviços

A prioridade será testar pacientes com sintomas (sintomáticos) – Foto: Arquivo.

Volta Redonda- A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), abre nesta quarta-feira, dia 19, um novo espaço para que a população que esteja com sintomas gripais busque atendimento e testagem para Covid-19. A central ficará na Ilha São João e funcionará todos os dias, (segunda-feira a domingo), das 8h30 às 17h, inclusive com atendimento médico.

Conforme nota técnica emitida pela Secretaria de Saúde, a prioridade será testar pacientes com sintomas (sintomáticos). Devem procurar a central de testagem, pessoas que apresentem sintomas, como: febre, calafrio, tosse, coriza, dor de garganta, cabeça e alterações no olfato ou paladar.

Os testes disponíveis para detecção da Covid-19 são os de antígeno e RT-PCR. Os atendimentos serão feitos mediante agendamento prévio, via internet, com limite, inicialmente, de 400 pessoas por dia. A medida ocorre devido à alta na procura pelos serviços na Atenção Básica (UBSs e UBSFs). Entretanto, todas as 46 unidades básicas de saúde vão continuar oferecendo atendimento e testagem.

O coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, o médico sanitarista Carlos Vasconcellos, esclareceu que o centro de testagem não irá substituir os atendimentos nas unidades. O serviço está sendo apenas descentralizado devido à demanda.

“Um dos objetivos com a nova central de testagem é reduzir o fluxo das unidades de saúde para que as pessoas sejam atendidas com mais tranquilidade na utilização de outros serviços, como aplicação de vacinas, consultas em geral e outros procedimentos”, disse Vasconcellos.

O médico citou ainda que por conta da transmissão da variante Ômicron muitos profissionais de saúde têm se contaminado e estão afastados da rede pública. Por esse motivo, os atendimentos na central de testagem, na Ilha São João, inicialmente, serão limitados a 400 pessoas por dia – 200 pela manhã e 200 à tarde, através de agendamento.

“Inicialmente o número de 400 atendimentos/dia foi estipulado, pois estamos com muitos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, e técnicos de enfermagem) doentes, em isolamento devido à variante Ômicron, que é altamente transmissível. O efetivo de profissionais está reduzido pelo mesmo motivo nas unidades de saúde, por isso, pedimos que todos, sem exceção, reforcem as medidas de prevenção à Covid-19”, disse, acrescentando que os atendimentos não serão em formato de drive-thru.

“As pessoas devem ir ao local com calma portando os documentos necessários: documento de identidade, cartão do SUS ou CPF. O atendimento é dividido em três etapas: o paciente preenche a ficha, é acolhido no sistema de triagem (avaliação dos sinais vitais, classificação de risco), depois passa pelo atendimento médico e testagem. Após o resultado do teste, no caso de positivo, o paciente retorna ao médico para receber orientações quanto ao isolamento e afastamento de suas funções”, explicou.

A escolha da Ilha São João se dá pelo fato de os atendimentos poderem ser feitos em um espaço aberto, mais amplo e com maior capacidade de abrigar pacientes que uma unidade de saúde.

Como fazer o agendamento?

O agendamento será feito pela internet, através do link: https://forms.gle/EsEifA3dLdYqyZXs6
O endereço será disponibilizado através das redes sociais (Facebook e Instagram) da Prefeitura de Volta Redonda.
Facebook: PrefeituraVR e Instagram: @prefeitura.vr

No cadastro é necessário preencher um e-mail válido, para que a confirmação possa ser encaminhada à pessoa. Após a conclusão do cadastro, o paciente receberá a confirmação, com o horário em que deve comparecer à Ilha São João, no e-mail fornecido. A resposta é o comprovante.

No local do atendimento, é preciso apresentar documento de identidade, cartão do SUS ou CPF.

O link vai ser controlado de acordo com o preenchimento das agendas, podendo estar indisponível se não houver vagas. Porém o agendamento estará disponível diariamente até as 22 horas.

Atendimento e testagem nas unidades básicas continuam
Os atendimentos a pacientes com sintomas gripais também continuam a ser realizados em todas as 46 unidades básicas de saúde do município.





Fonte: Diário do Vale