Vocação ou mercado: o que escolher para seguir uma profissão?

0
11



Descubra qual o melhor caminho para você
Divulgação/UBM
Você ainda está na dúvida de qual profissão seguir? Nesse momento, sempre bate aquele receio sobre o que é melhor. Afinal, “devo escolher a área que dá as melhores oportunidades no mercado de trabalho, mesmo que não seja aquela que tenho uma vocação?” Sem dúvida, esse é um dilema enfrentado por muitas pessoas ao decidir qual graduação fazer, pois optar entre o que realmente gosta ou aquilo que lhe trará melhor retorno financeiro não é fácil.
 Porém é fundamental fazer uma boa análise de todos os fatores antes de dar esse passo. Afinal, será a profissão a que você irá dedicar sua vida e ela não pode se tornar um fardo. Para te dar uma força nesse momento de decisão, confira aqui algumas dicas preciosas.
Descubra sua vocação
O passo mais importante é descobrir quais são suas melhores habilidades e o que mais te atrai no mercado. Ao longo da trajetória como estudante, é normal se identificar com mais de uma disciplina e ficar um pouco confuso com tantas possibilidades, mas investir no seu autoconhecimento é fundamental para encontrar qual caminho seguir.
Vocação x Salário
Este é um ponto comum a ser levado em consideração na hora de escolher um curso de graduação para entrar no mercado de trabalho. Mas, para você, o que vale mais a pena? Você deve analisar se irá sentir bem no ambiente profissional trabalhando com algo que não tenha tanta afinidade, mas que te trará um bom retorno financeiro.
 É importante colocar na balança os prós e os contras de focar apenas na recompensa do fim do mês. Caso contrário, o ambiente de trabalho pode ficar pesado e atrapalhar seu rendimento e, consequentemente, sua carreira.
 O que considerar na hora de escolher a graduação?
Ao escolher o melhor para o seu futuro, o ideal é entender o seu perfil profissional, saber com o que você se sai melhor, seus pontos mais fortes e aqueles que precisam ser trabalhados, como é o seu relacionamento em equipe, entre outros aspectos.
 Fique atento também às tendências do mercado, pois ele está em constante atualização, gerando novas vagas e áreas de atuação. Com isso, você poderá aproveitar melhores oportunidades e descobrir seus objetivos profissionais, que direcionam a sua carreira, e podem trazer grande satisfação profissional.
 Agora, você já sabe que, para escolher uma profissão, somente um fator não é decisivo. Após todas essas dicas, analise suas preferências e veja se o curso que mais se adequa ao que você quer também é aquele que irá te fazer um profissional de sucesso no que faz.


Fonte: G1