Trigêmeas fazem sucesso na internet com dancinhas e semelhança com Jojo Todynho


Vídeo de Sarah, Emanuelle e Giovanna, de sete anos, já está com quase 3 milhões de visualizações e foi repostado por Jojo Todynho e Ludmilla. Camila Teixeira visita as trigêmeas ‘filhas da Jojo Todynho’
Sorrisos nos rostos, de pijamas e coreografia sincronizada. Foi assim que Sarah, Emanuelle e Giovanna, as trigêmeas de Pinheiral (RJ), viralizaram nas redes sociais. As irmãs, de sete anos, ficaram conhecidas como “filhas da Jojo Todynho” após postarem um vídeo na internet.
“Começou muito por acaso. Teve um dia à noite que eu estava na sala e elas no quarto. De repente, elas chegaram correndo e disseram ‘mamãe, grava a gente dançando para colocar no nosso instagram’. Elas já estavam de pijama, mas insistiram tanto que gravei”, contou a mãe, Kátia Santos.
O primeiro vídeo publicado já soma mais de 1,8 milhões de visualizações. Para Kátia, foi uma surpresa tamanha repercussão.
A gente fica se perguntando como o vídeo delas viralizou. Postei e do nada o vídeo começou a ter muitas visualizações: mil, dois mil”, afirmou.
Da esquerda para a direta: Giovanna, Emanuelle e Sarah
Vinicius Lima/g1
Depois do alcance do primeiro vídeo, várias pessoas começaram a comentar a semelhança das meninas com a Jojo Todynho.
Uma prima da Kátia, que mora em Portugal, sugeriu publicar o mesmo vídeo, mas editado com um texto dizendo: “e minhas trigêmeas que parecem as filhas Jojo Todynho”.
A segunda publicação fez ainda mais sucesso, e a Jojo, além de repostar, também comentou (veja abaixo). Uma semana depois, o vídeo também foi visto por Ludmilla, que repostou em suas redes sociais.
Comentário da Jojo Todynho no vídeo
Reprodução
Aos poucos, o vídeo foi ganhando mais visibilidade e, atualmente, tem quase três milhões de visualizações, quase 200 mil curtidas e mais de cinco mil comentários.
“Alguns colegas comentam: ‘você tem a galinha dos ovos de ouro’, ‘está acordando cedo porque quer, segue, vai junto, apoia as meninas’. Fiquei bastante feliz, achei legal. Procuro apoiar, dar uma força”, destacou Luís Cláudio Santos, pai das meninas.
Repost da Jojo Todynho no vídeo das trigêmeas
Reprodução
O carinho dos ‘fãs’
Perguntado sobre como é sair com as meninas na rua, a mãe disse que algumas pessoas chegam a abordá-las, pedem para tirar fotos e perguntam: “essas são as trigêmeas?”.
Durante a entrevista com a equipe de reportagem do g1, Sarah, Giovanna e Emanuelle foram “tietadas” e tiraram fotos com um grupo de estudantes que passava por uma praça e com um menino, que foi em casa chamar a mãe para fotografá-lo com elas.
“As meninas sempre gostam de tirar fotos, atendem todo mundo, abraçam todo mundo, todo mundo é ‘tio e tia’. Elas sempre recebem muito carinho das pessoas”, completou Kátia.
Apesar dos inúmeros comentários positivos e o carinho que recebem dos seguidores, Kátia explicou que, logo no início, em um dos primeiros vídeos, as trigêmeas foram alvos de comentários de haters.
“No início, tiveram alguns sobre comentários da cor e o peso delas, até mesmo uma boneca que implicaram por ser branca. Sempre dou uma resposta. Não deixo passar em branco, porque a internet não é terra de ninguém”, pontuou a mãe.
Na ocasião, os pais pensaram em parar de publicar os vídeos na internet. Porém, voltaram atrás na decisão por conta do carinho que recebem dos seguidores.
“Não quero expor minhas filhas. Chegamos a pensar em desistir, mas as pessoas ligaram, mandaram áudio, mensagem nos apoiando, ficando do nosso lado. Foi tanto carinho que decidimos continuar”, disse Kátia.
Para proteger as filhas de falas negativas, a mãe mostra apenas os comentários positivos e diz que as pessoas estão gostando dos conteúdos.
Rotina em dose tripla
Família das trigêmeas em Pinheiral
Vinicius Lima/g1
Em casa, é tudo triplicado: as roupas, os brinquedos, o trabalho e, principalmente, o amor.
“É uma rotina meio doida, uma correria. É muita criança para arrumar ao mesmo tempo, tomar banho ao mesmo tempo, tudo é na correria, mas está dando certo. Deus está nos ajudando”, afirmou a mãe.
Apesar da semelhança, cada menina tem uma personalidade. Elas são tão parecidas que em alguns momentos até o pai troca os nomes.
“Costumo errar de vez em quando. Já aconteceu de colocar uma de castigo e ser a outra. Nesses casos, vou e coloco todo mundo. Vira e mexe, costuma dar essa bobeira de confundir”, comentou Luís Cláudio.
Como diferenciar as três?
Se para os pais diferenciar as trigêmeas já é uma tarefa difícil, imagina para as pessoas de fora. O g1 perguntou para o Luís Cláudio e Kátia quais são as diferenças entre as três.
“A Sarah é meio pirracenta, mandona. A Giovanna já é mais comunicativa, tem uma facilidade a mais para aprender as coisas. Já a Manu é o dengo, muito dengosa. São crianças muito amorosas”, pontuou o pai .
Não é apenas na personalidade que elas possuem diferenças: nos traços físicos também é possível diferenciar as trigêmeas.
“Desde quando nasceu, a Sarah é a maior, a mais alta. Já a Giovanna e a Emanuelle são mais parecidas, porém, o formato do rosto é diferente. A Giovanna tem um cicatriz em cima do olho, na pálpebra”, finalizou Kátia.
Trigêmeas de Pinheiral viralizam com dancinhas na internet e semelhança com Jojo Todynho
Vinicius Lima/g1
Clique aqui e siga o g1 no Instagram
VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

Fonte: G1