Subprefeitura do Retiro registra aumento de 48% em seu atendimento

0
16


No último mês, órgão registrou um total de 6.570 atendimentos

A anistia Fiscal concedida pela Prefeitura (garantida pela lei 5786/21) foi uma das responsáveis pelo aumento no atendimento neste mês.Foto: Divulgação PMVR.

Volta Redonda- A Subprefeitura do Retiro tem se estruturado cada vez mais para oferecer um serviço de qualidade e estar mais perto da população. E como resultado deste trabalho o órgão registrou um novo aumento no número de atendimento.

A crescente vem desde o início do ano e no mês de julho não foi diferente. Foram registrados 6.570 atendimentos, perfazendo um total de 48% de crescimento em comparação aos dois primeiros meses desse ano, cuja média foi de 4.430.

De acordo com coordenador da subprefeitura, Jorge Ricardo Silva, o Jorginho, a Anistia Fiscal concedida pela Prefeitura (garantida pela lei 5786/21) foi uma das responsáveis pelo aumento no atendimento neste mês.

O foco do atendimento para auxiliar as pessoas que não são familiarizados com o acesso digital, como a internet, para a retirada de Carteira de Trabalho Digital, agendamento ao Seguro Desemprego, acesso ao aplicativo SineFácil, Detran RJ e a serviços digitais de vários outros órgãos públicos, também está contribuindo para o aumento do atendimento.

Entre os outros serviços oferecidos no local estão à regularização de taxas e impostos, Saae-VR e taxa de incêndio; agendamento de caçambas; recadastramento para funcionários públicos; cadastros habitacionais e para vacinação;

Outro serviço bastante procurado é o Sistema Nacional de Empregos (Sine). Somente no mês de julho, foram atendidos 593 trabalhadores. Foam 48 vagas de empregos preenchidas, 21 encaminhamentos e 94 Seguros Desempregos emitidos. A subprefeitura conta atualmente com 184 empresas cadastradas.

“Além desses serviços, que têm facilitado e aumentado a satisfação dos usuários, realizamos ainda ações suplementares como o alinhamento de empresa de RH para palestras aos candidatos a vagas de emprego totalmente de graça, participação na Campanha do Agasalho, promovida pela Prefeitura de Volta Redonda, além das atividades externas para registro de demandas por serviços públicos junto à comunidade”, explicou o coordenador.

 





Fonte: Diário do Vale