Seleção Feminina enfrenta o Chile em busca do título do Torneio Internacional de Manaus

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O Brasil tem quatro gols a mais de saldo e a vantagem do empate – Foto: Thais Magalhães/CBF.

Manaus-  Nesta quarta-feira (1), a Seleção Brasileira encara o Chile para definir quem serão as campeãs do Torneio Internacional de Manaus. A partida começa às 21h (horário de Brasília), na Arena da Amazônia.

Ambas as seleções superaram Venezuela e Índia e somaram seis pontos cada, mas o Brasil tem quatro gols a mais de saldo e a vantagem do empate. A Canarinho goleou a Índia por 6×1 em jogo que marcou a despedida de Formiga. Também pela primeira rodada, o Chile venceu a Venezuela por 1×0.

Na sequência, o Brasil voltou a golear, derrotando as venezuelanas por 4×1. Na mesma noite, o Chile bateu as indianas por 3×0. Com os 100% de aproveitamento das duas equipes, a decisão ficou para a terceira e última rodada. Os critérios de desempate são: melhor saldo de gols, maior número de gols marcados, confronto direto e, por último, a classificação de fair play.

A muralha chilena

Em entrevista coletiva, a técnica Pia Sundhage elogiou a solidez defensiva das chilenas. La Roja de Christiane Endler, considerada uma das melhores goleiras do mundo, ainda não foi vazada em Manaus.

“Isso é impressionante. Elas têm boas goleiras e são eficientes na defesa, então precisaremos ser mais pacientes no ataque, manter a ideia de ‘fica com a bola’. Espero que todas estejam no clima de final e com coragem para manter a bola por um pouco mais de tempo. Elas têm uma excelente goleira, então os gols não virão facilmente contra elas. A solidez defensiva, como sempre, será essencial para nós, mas também temos que variar nossa construção ofensiva, tentando ser imprevisíveis, então caprichem”, pediu.

A meia Adriana, responsável por bela assistência para Kerolin na última partida, fez coro à treinadora.

“Endler é uma grande goleira. É sempre muito difícil enfrentá-la e nós, que jogamos no ataque, temos que caprichar ainda mais quando estivermos cara a cara com ela. Sabemos que será um jogo difícil, mas estamos aqui para evoluir a cada dia e tenho certeza de que todo mundo vai estar preparado para esse jogo e para aproveitar as oportunidades que temos”, disse.

 

 

 

 





Fonte: Diário do Vale