Reajuste do diesel impacta nas passagens de ônibus

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Foto: Arquivo
Tarifa de ônibus sobe em Angra dos Reis por causa da alta do diesel 

Rio e Minas – O reajuste de 8,87% do óleo diesel anunciado pelo governo federal esta semana já refletiu no valor da tarifa dos ônibus municipais de Angra dos Reis. A partir deste domingo, dia 15, começa a vigorar o novo valor.
Em Angra, as tarifas são divididas por categorias.
O reajuste está previsto no contrato de concessão e foi autorizado pela prefeitura baseado nos custos do óleo diesel, por exemplo, assim como a redução do número de passageiros que vem ocorrendo desde o início da pandemia.
O reajuste não afeta quem possui o cartão “Passageiro Cidadão”. Os beneficiados pelo programa continuarão pagando o mesmo valor.

 

Petrópolis também reajusta passagem

Outro município do Estado do Rio que reajustou o valor da passagem por causa da alta do diesel foi Petrópolis. A nova tarifa de ônibus passar a vigorar a partir da meia-noite de domingo, 13. Em nota, o Setranspetro (Sindicato das Empresas de Transporte de Petrópolis) ressaltou que o sistema de transporte público foi um dos mais afetados pela crise econômica desde o começo da pandemia.
– O Sistema de Transporte Público por ônibus permanece em uma absoluta crise, necessitando de novas estratégias, medidas e modelos. Mesmo com o retorno dos R$ 0,20 em Petrópolis, a tarifa técnica permanece completamente defasada, uma vez que a mesma foi calculada pela CPTrans com dados de junho de 2018 a maio de 2019, sem qualquer revisão ou reajuste nos últimos 28 meses – informou o Setranspetro, por meio de nota.

Resende tem 30 dias para aumentar valor da tarifa

O juiz da 1ª Vara Cível de Resende, Marvin Ramos Rodrigues Moreira, deu prazo de 30 dias para a Prefeitura de Resende dê “prosseguimento ao procedimento administrativo nº 33.514/2021, realizando todos os atos necessários aos estudos e homologação do reajuste tarifário a que faz jus a concessionária autora”. A concessionária a que o juiz se refere na decisão é a Transporte Urbano São Miguel de Resende Ltda., a empresa que opera as linhas urbanas de Resende.
A empresa pediu na Justiça o direito de reajuste de passagem depois de ter tido um pedido administrativo negado pela prefeitura sob a alegação de que haveria ação judicial em curso, impedindo o reajuste. Havia uma previsão de que a tarifa fosse reajustada em dezembro de 2021.
O juiz, no entanto, entendeu que o pedido feito na ação judicial iniciada pela São Miguel é diferente daquele que está “sub judice”, e considerou que a demora na decisão está trazendo prejuízos financeiros para a empresa de ônibus e causando desequilíbrio econômico-financeiro no contrato.

Moradores também pagam tarifa mais cara em Minas

Moradores de Minas Gerais também vão pagar mais caro pela passagem de ônibus. O aumento começa a valer na segunda-feira, segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra).
O índice autorizado para 2022 foi de 17,54% para as linhas que operam no asfalto e de 16,84% para as linhas que circulam em estradas não pavimentadas.
Para os cálculos foram considerados fatores como a variação dos preços de insumos tais como combustíveis, peças de reposição, manutenção, depreciação do veículo, tributos, remuneração da mão de obra, entre outros.

Subsídio para as empresas

Nesta sexta-feira, foi anunciado ainda que as empresas de ônibus de Belo Horizonte vão receber um subsídio de R$ 237,5 milhões até março de 2023. Em contrapartida, elas se comprometeram a ampliar a oferta de viagens e a não aumentar o valor da tarifa até o final do prazo.

Preço médio do diesel no país vai a R$ 6,96

O preço médio do diesel nos postos de combustíveis do Brasil subiu 1,37% em maio até o dia 12, a R$ 6,96 por litro, na comparação com o fechamento de abril.
No mesmo período, o diesel tipo S-10 foi comercializado a uma média de R$ 7,08 por litro, um acréscimo de 1,29%. Os preços reagiram ao último reajuste implementado pela Petrobras nesta semana.
Na última terça-feira, a estatal aumentou o valor médio do diesel de 8,87% nas suas refinarias, com o combustível passando a valer R$ 4,91 por litro.

Custo para o setor

Segundo a Associação Nacional de Empresas de Transportes Urbanos, o combustível representa o segundo maior custo das firmas do setor.
Cerca de um terço dos gastos vai para encher o tanque dos ônibus. O maior custo é com pessoal, que responde por metade das despesas, em média.

Associação de transporte reage a novo aumento

A ANTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Públicos), que reúne as empresas de ônibus urbanos e metropolitanos de todo o País, reagiu a mais um aumento do óleo diesel, anunciado nesta quinta-feira, 10 de março de 2022, pela Petrobras.
Segundo cálculos da entidade, o reajuste de 24,9% do óleo diesel nas distribuidoras terá um impacto médio de 7,5% no custo das empresas operadoras de transporte coletivo.
Somente neste ano, os reajustes acumulados do diesel já aumentaram os custos do transporte público por ônibus em 10,6%, ainda segundo a NTU.

O post Reajuste do diesel impacta nas passagens de ônibus apareceu primeiro em Diário do Vale.



Fonte: Diário do Vale