Prefeitura de VR realiza mais uma ação do projeto “Secretaria Itinerante”

0
11


A 2ª edição do projeto atendeu moradores do bairro Belo Horizonte na sexta-feira, dia 22

esta é a segunda edição do projeto e tem como objetivo divulgar o trabalho da secretaria, criada este ano – Foto: Divulgação PMVR.

Volta Redonda- Com o objetivo de visitar um bairro de Volta Redonda a cada semana e realizar cadastro PCD, uma equipe da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD) atendeu moradores do bairro Belo Horizonte na manhã de sexta-feira, dia 22, através do projeto “Secretaria Itinerante”.

De acordo a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, esta é a segunda edição do projeto e tem como objetivo divulgar o trabalho da secretaria, criada este ano, além de conhecer de perto a realidade das pessoas com deficiência e suas demandas para o Poder Público. Já no próximo dia 29, a conversa será com a comunidade do Açude.

A conversa com a população ocorreu no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do Belo Horizonte, entre 9h e 11h30. Entre os participantes estava dona Íria, que é deficiente física decorrente de um acidente que lhe causou a amputação de quatro dedos do pé, causando redução da mobilidade. “Fico muito feliz em saber que agora temos um órgão público voltado exclusivamente para a causa dos deficientes. E a presença de vocês aqui, na comunidade, facilita a comunicação e o acesso aos serviços”, elogiou.

Outra moradora, Sandra Silva, que é mãe de um menino autista, Sandro, de 16 anos, também aprovou a iniciativa da “Secretaria Itinerante”. “Já utilizo outros serviços públicos voltados para a pessoa com deficiência como a equoterapia, mas é bom saber que temos um lugar certo para procurar orientação quando necessitamos”, disse, convidando o secretário da Pessoa com Deficiência, pastor Washington Uchoa, para conhecer o espaço onde o filho faz a equoterapia, no Dom Bosco.

Pastor Washington afirmou que estes depoimentos o fazem acreditar que está no caminho certo. “Como é um serviço novo, queremos buscar o público-alvo nos bairros e fazer um cadastro das pessoas com deficiência. Pensamos que, mesmo com uma sede própria, em local central, de fácil acesso, no Aterrado, há pessoas que terão dificuldade de acessar o serviço”, disse, lembrando que um dos papéis de sua equipe é apresentar às pessoas com deficiência os serviços voltados para elas em toda estrutura municipal.

A sede da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD) fica na Rua 17 de Julho, número 20, no Aterrado. O horário de funcionamento é das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. O contato pode ser feito também por telefone: (24) 3339-9031 ou pelo e-mail: [email protected].

SMPD pede informações à Cadeia Pública Franz de Castro

Nesta semana, o secretário da Pessoa com Deficiência, pastor Washington, também enviou documento à diretoria da Cadeia Pública Franz de Castro Holzwarth, que fica no bairro Roma, em Volta Redonda, pedindo informações sobre o número de presidiários com deficiência, lotados na unidade prisional.

A ação faz parte da mesma estratégia do projeto “Secretaria Itinerante”, fazer busca ativa do público-alvo da secretaria para fazer um censo desta população e verificar suas necessidades. “No momento, não há pessoas com deficiência na unidade, mas fomos informados que, recentemente, passaram por lá um surdo, que já recebeu alvará de soltura, e um cadeirante, que foi transferido para um presídio do Rio de Janeiro. Deixamos o contato da secretaria e pedimos para sermos comunicados em caso de presos com deficiência no local”, contou pastor Washington.





Fonte: Diário do Vale