Prefeitura de Barra Mansa antecipa Campanha do Agasalho para ajudar quem mais precisa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O objetivo da campanha é arrecadar doações de roupas de frio em boas condições para aquecer adultos e crianças em vulnerabilidade – Foto: Chico de Assis(PMBM).

Barra Mansa- Com as baixas temperaturas registradas na cidade nos últimos dias, a Prefeitura de Barra Mansa, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), antecipou a Campanha do Agasalho 2022. O objetivo é arrecadar doações de roupas de frio em boas condições para aquecer adultos e crianças em vulnerabilidade. Cobertores também são itens que podem ser entregues na sede da SMASDH, localizada na Rua Oscar da Silva Marins, n° 52, no Centro.

De acordo com o secretário da Pasta, J. Chagas, a expectativa é de sucesso nas doações. “A população de Barra Mansa já se mostrou muito solidária em todas as campanhas que realizamos. Temos certeza que dessa vez não será diferente. Nós que estamos no conforto do nosso lar sentimos frio. Imagina que não tem essa estrutura, que é o caso das famílias mais vulneráveis ou daqueles que estão em situação de rua. Se cada um contribuir um pouco, vamos poder ajudar muitas pessoas. Contamos com a participação de todos”, destacou J. Chagas.

O secretário ressaltou ainda, que durante esses dias de baixa temperatura, o Centro Pop, no Centro, e o Abrigo Municipal Mário Pinguilim, no Siderlândia, seguem abertos para acolher as pessoas em situação de rua. “Nesses dias mais frios a nossa equipe está reforçando as abordagens nas principais ruas do município, disponibilizando um trabalho de acolhimento e orientação para quem mais precisa”, frisou.

Os interessados em contribuir com a campanha podem entregar suas doações na sede da Secretaria de Assistência Social de Direitos Humanos, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. O telefone para outras informações é o (24) 3322-8098.

O post Prefeitura de Barra Mansa antecipa Campanha do Agasalho para ajudar quem mais precisa apareceu primeiro em Diário do Vale.

Fonte: Diário do Vale