Prefeito de Itatiaia é preso acusado de chamar funcionária de padaria de 'negrinha'




Segundo a Polícia Civil, Irineu Nogueira tentou pegar um salgado direto da vitrine e foi advertido pela atendente, motivando o caso de injúria racial. Câmera de segurança do estabelecimento filmou a confusão. O prefeito de Itatiaia (RJ), Irineu Nogueira, foi preso em flagrante nesta terça-feira (17) após ser acusado de chamar uma funcionária de uma padaria de “negrinha”. O estabelecimento fica no bairro Jardim Jalisco, em Resende (RJ).
Irineu Nogueira Coelho, prefeito de Itatiaia
Divulgação
Segundo a Polícia Civil, a funcionária disse que o prefeito tentou pegar um salgado direto da vitrine e foi advertido por ela, que explicou que era proibido os clientes se servirem por conta própria por uma determinação da Vigilância Sanitária.
Neste momento, Irineu se irritou com a funcionária e começou a ofendê-la com palavrões. Outra balconista tentou conter a situação e foi interrompida pelo prefeito, dizendo que não tinha problemas com ela, mas com sua colega de trabalho, a chamando de “negrinha”.
Assim que o prefeito deixou a padaria, a funcionária injuriada se dirigiu à delegacia de Resende para registrar o boletim de ocorrência. Na queixa, foi anexado um vídeo da câmera de segurança do estabelecimento. A filmagem não tem som, mas mostra o momento da confusão.
Diante das evidências do relato e do vídeo, o delegado de Resende, Michel Floroschk, saiu às ruas e obteve êxito na prisão de Irineu Nogueira.
O g1 procurou a prefeitura de Itatiaia e a defesa do prefeito Irineu Nogueira, mas ninguém havia se manifestado até a publicação desta reportagem.
Siga o g1 no Instagram | Receba as notícias no WhatsApp
VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul



G1 Sul e Costa Verde