Piloto voltarredondense se destaca em pistas reais e virtuais

0
13


Daniel Mageste já conquistou onze títulos no e-automobilismo brasileiro e corre também em pistas de asfalto

Mageste no simulador que usa para participar de provas virtuais
Foto: Arquivo pessoal

Volta Redonda – Os eSports, forma mais avançada dos antigos videogames, se tornaram uma realidade ainda mais consolidada nos tempos de pandemia, quando a presença de público e até mesmo os contatos entre os atletas se tornou um fator de risco. Entre esses esportes virtuais, o automobilismo foi um dos que mais ganharam espaço, e um piloto voltarredondense, que sempre competiu tanto nas pistas reais quanto nas virtuais, vem se destacando. Daniel Mageste contou, em entrevista exclusiva ao DIÁRIO DO VALE, como é viver do automobilismo, real ou virtual.

 

DIÁRIO DO VALE – Esse seu novo título no automobilismo virtual já o consagra como um dos principais nomes do esporte?

Daniel Mageste – Quando comecei no eSport ainda criança, a sociedade não reconhecia o Gamer como um profissional. Isso não existia, e eu nem fazia ideia do que ia acontecer! Eu queria jogar, vencer, e um dia ter a oportunidade de realizar o sonho, ser Piloto de verdade.

O fato é que este mercado cresceu de maneira gigantesca, e no caminho eu venci algumas das nossas principais competições, somando agora 11 títulos no Automobilismo Virtual Brasileiro.

Tudo isso me tornou muito conhecido nacionalmente no eSport de Automobilismo Virtual, e também iniciou minha carreira de três títulos estaduais no Kart de Competição no Rio de Janeiro, bem como a carreira no “Automobilismo real”. Modéstia a parte, este título confirma uma consagração de bons anos já.

 

DV – Assim como no automobilismo de pista, o virtual tem categorias. Quais são as principais, no Brasil, e de quantas você participa?

DM – São muitas ligas, eventos e campeonatos hoje em dia no Brasil e no mundo. Destaco nacionalmente a iRB eSports e a F1BC para a plataforma PC. Também acontecem os campeonatos das grandes montadoras, como o da Porsche, Mercedes-Benz e BMW.

Eu possuo títulos nestas duas ligas, e já disputei o eMB Challenge (campeonato da Mercedes), sempre definindo junto da equipe onde participar e em qual categoria pelo fator da visibilidade que posso ter como Piloto, e retorno para meus patrocinadores.

 

DV – As corridas virtuais são uma tendência que veio para ficar ou são apenas alternativas para o tempo de pandemia?

DM – O mercado de Games no Brasil prevê uma receita de 12 bilhões de reais em 2021! E o Automobilismo Virtual é talvez um dos únicos esportes em que a execução dos fundamentos é exatamente a mesma que na realidade. Um atleta pilota no simulador igual ele pilota o carro real. Tanto é verdade, que eu sou exemplo vivo de destaque no kartismo e no automobilismo após me preparar tanto no simulador, e hoje trabalhar com ele para ajudar no desenvolvimento de outros pilotos da vida real.

Um mercado tão promissor e uma modalidade tão igual à que imita na vida real, é garantia de crescimento e sucesso no presente e no futuro.

Inclusive, em outros Games, já há eSport patrocinando esporte real. O “jogo” virou! (rsrs)

 

DV – Com a melhora dos números (redução de casos e mortes), as competições com público no automobilismo real estão retornando e talvez em breve, com público. Você está participando de alguma competição real?

DM – Temos boas expectativas de levar o público nas provas reais ainda este ano, e torcemos muito para isso!

Estou trabalhando como Coach na Copa Shell HB20, e com a equipe na Stock Light e TCR South America. Pretendo fazer uma ou duas corridas este ano em outras categorias, visando me preparar para 2022.

 

DV – As corridas virtuais oferecem espaço para a divulgação de marcas de patrocinadores. Já existe um público que acompanhe esses eventos? Onde eles são transmitidos?

DM – Já são vários anos representando empresas, marcas e negócios através do Automobilismo Virtual. Ano passado tive patrocínio de uma empresa que estampa a camisa de um dos principais clubes de futebol do Brasil! E este ano estou divulgando meu próprio negócio através das competições, com o Grupo Brasil Vale e a CrediBV.

O público é gigante! Os eventos são transmitidos pela internet através do YouTube, com narrador, comentarista, interação com a torcida e grande audiência! Tão profissional quanto na TV!

Aproveito para convidar nossos leitores para me seguir nas mídias sociais. O endereço é @danielmageste82 e ficarei muito feliz com a torcida de todos!





Fonte: Diário do Vale