Paty do Alferes lidera produção de mel no estado do Rio, segundo Secretaria de Agricultura

0
33



Neste quarta-feira, 20 de maio, é celebrado o Dia Mundial da Abelha. Setor movimentou mais de R$10 milhões no ano de 2019 no estado, informa secretaria. Paty do Alferes lidera produção de mel no estado do Rio, segundo Secretaria de Agricultura
André Quadros/Secretaria de Estado de Agricultura
O Sul do Rio de Janeiro é a região que mais produz mel no estado, sendo a cidade de Paty do Alferes a maior produtora, segundo divulgou recentemente a Secretaria de Agricultura. A venda do produto aumentou mesmo durante a pandemia de coronavírus.
“O setor movimentou mais de R$10 milhões no ano de 2019 no Estado do Rio de Janeiro, com uma produção acima de 291 mil kg de mel produzido por 914 apicultores. A Região Sul do Estado, com destaque para o município de Paty do Alferes, é a maior produtora de mel, seguida das Regiões Centro, Serrana, Norte e Noroeste”, explicou Marcelo Queiroz, secretário de Agricultura.
Nesta quarta-feira, 20 de maio, é celebrado o Dia Mundial da Abelha
Reprodução/Secretaria de Estado de Agricultura
Nesta quarta-feira, 20 de maio, é celebrado o Dia Mundial da Abelha, inseto muito importante para o meio ambiente, permitindo a reprodução de diferentes espécies de plantas através da polinização.
Além do mel, elas também são fonte outros produtos derivados, como própolis, pólen e geleia real, que fazem bem à saúde. De acordo com o Diretor da Federação dos Apicultores do Rio de Janeiro, uma colmeia saudável, das abelhas conhecidas como africanas, produz até 60 kg por ano.
“O apicultor, além de ter sua atividade econômica com a produção de mel e derivados auxilia na polinização com a criação desses insetos que ao buscarem o pólen nas flores fazem esse trabalho. O apicultor trabalha em união com a natureza fornecendo as abelhas para a polinização e recebendo em troca o mel”, explica a nota da secretaria.
Produção de mel no estado do Rio
André Quadros/Secretaria de Estado de Agricultura


Fonte: G1