Morre ‘Seu Liquinho’, emancipador de Pinheiral

0
12


Um dos emancipadores do município de Pinheiral, Antônio Reis Franco, o “Seu Liquinho”, morreu nesta segunda-feira (30) aos 94 anos, em decorrência de complicações da Covid-19.

***

Seu Liquinho foi o primeiro vice-prefeito de Pinheiral, e também prefeito da cidade quando morreu o primeiro prefeito do município, Aurelino Gonçalves Barbosa.

***

O atual prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, decretou Luto Oficial no Município de Pinheiral, por meio do decreto nº. 3088, de 30 de agosto de 2021, “por três dias pelo falecimento do Sr. Antônio Reis Franco, ex-Vice-prefeito e ex-Prefeito de Pinheiral, carinhosamente “Seu Liquinho”, que, em vida, prestou inestimáveis serviços à comunidade pinheiralense”.

***

Político atuante, Sr. Liquinho também foi vice-prefeito de Piraí e quando ocupou a cadeira no Legislativo como vereador, foi seis vezes presidente da Câmara Municipal de Piraí recebendo inúmeros títulos honorários como cidadão piraiense, cidadão pinheiralense, cidadão do município de Barra do Piraí e moção de aplausos da Câmara Municipal de Barra do Piraí.

***

 Ele iniciou sua carreira como funcionário da extinta Cia Morrison Nilson do Brasil, da Companhia Siderurgica Nacional e também como comerciante do Armazém Nossa Senhora de Fátima, que funcionou por anos antes do início da pandemia da Covid-19.

 

Participação

Visionário, ele teve uma participação ativa para a emancipação de Pinheiral ao lado do prefeito, Aurelino Gonçalves Barbosa. Nesse trabalho de construção da cidade, o Sr. Liquinho foi autor de obras e projetos importantes como o Projeto de Lei que transformou instituições como o Recanto dos Velhinhos Francisco Gonçalves Barbosa, o Centro Espírita Alan Kardec Luz e Amor, o Santos Futebol Clube, a APAE, a Casa da Amizade e a Loja Maçônica em instituições de utilidade pública. Também foi durante o seu mandato que o prédio centenário da Estação Ferroviária abrigou, na época, a Biblioteca Pública Municipal de Pinheiral e a denominou como Biblioteca Pública Municipal Prefeito Aurelino Gonçalves Barbosa; para a construção de quiosques para as Praças Brasil e Teixeira Campos; criação da Praça de Lazer Luiz Gonzaga, no Centro; da construção da estrutura do Posto de Saúde do Cruzeiro; de calçamento da Rua Siqueira Campos; da reforma da passarela do Varjão; dos serviços de terraplanagem do Parque Maíra.

 

Tristeza

“É com um sentimento de tristeza que comunico o falecimento do meu avô, Seu Liquinho. Meu avô sempre foi um guerreiro, lutou bravamente para cuidar da sua família, dos amigos e da nossa querida Pinheiral.  Meu avô sempre foi um exemplo pra mim, tanto quanto homem, como avô e também como político. Me sinto grato por ter a oportunidade de ter participado do início da minha vida pública. Junto com meu tio Toninho sempre vão ser a minha referência, assim, vou buscar honrar a memória deles e colocar em prática todos seus ensinamentos.  Vá em paz vô, vc lutou até o fim. Obrigado por tudo”, homenageou seu neto, o vereador e líder de governo na Câmara Municipal de Pinheiral, Mário Arthur Franco Garcia.

 

História de vida

Nascido em Igrejinha, Juiz de Fora (MG), fixou residência em Pinheiral em 1954 onde casado com Carmem Vergette Leite Franco constituiu família de cinco filhos Paulo Cesár Leite Franco, Denise de Fátima Leite Franco, Denilson FranciscoLeite Franco, Daisy Lucidi Franco Espíndola e o médico e ex-prefeito Antônio Carlos Leite Franco, Dr. Toninho, que faleceu vítima de complicações da Covid-19 em 11 de março de 2021.

 

Declaração

“Infelizmente nesta manhã fomos acometidos de mais uma grande perda para a nossa cidade, o falecimento do Sr. Liquinho, um homem honrado e que junto com meu avô, Aurelino, trabalhou muito para o processo de emancipação da nossa cidade. Fica o exemplo e o pedido que Deus conforte os corações de toda a família e dos pinheiralenses neste momento”, declarou o prefeito, Ednardo Barbosa em sua página nas redes sociais.





Fonte: Diário do Vale