Michel Macedo é o melhor Sul-americano no esqui alpino da Nor-Am Cup

0
5


Competição foi realizada nos Estados Unidos no último final de semana e brasileiro alcançou bons resultados na prova de slalom gigante

O atleta conquistou bons resultados na prova de slalom gigante – Foto: Steven Kornreich

Estados Unidos- Michel Macedo segue firme na busca da vaga olímpica do esqui alpino em Pequim 2022. O atleta representou o Brasil a Nor-Am Cup, no Copper Mountain Resort (Estados Unidos), no último final de semana, e conquistou bons resultados na prova de slalom gigante, chegando ao top 30, o melhor sul-americano na competição.

No primeiro dia, Michel Macedo conquistou a 43ª colocação, finalizando a prova com o tempo total de 2min38s88 (com a primeira descida em 1min17s e segunda descida em 1min21s88). O resultado rendeu ao atleta 82.96 pontos FIS (quanto menor a pontuação, melhor o resultado).

Já no segundo dia, Michel Macedo fez uma prova ainda melhor, conquistando o 28º lugar. Com o tempo de total de 2min29s09 (com a primeira descida em 1min16s42 e a segunda descida em 1min12s67), Michel Macedo ficou a 5s35 do primeiro colocado e conquistou a marca de 54.54 pontos FIS.

O resultado não apenas significou o top 30 ao brasileiro. Michel foi o melhor sul-americano da prova, superando o argentino Tomas Birkner e o chileno Andres Figueroa, que finalizaram em 30º e 31º lugares, respectivamente.

A Nor-Am Cup foi realizada nos dias 20 e 21 de novembro e contou com a participação de mais de 100 atletas de diversos países. O próximo compromisso de Michel Macedo será em Sunday River (Estados Unidos), nos dias 4 e 5 de dezembro.

A busca pela vaga do Ski Alpino nos Jogos Olímpicos de 2022

O resultado positivo é muito importante para o brasileiro. Com muitas provas ainda a serem realizadas até o começo dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 que serão realizados em Beijing (China). Michel Macedo continua sua busca pela vaga Olímpica.

“Estou fazendo tudo o que está ao meu alcance. Vou fazer de tudo para estar nos Jogos e fazer bonito pelo Brasil”, disse Michel Macedo recentemente ao Olympic Channel.

“O sistema de classificação para os Jogos foi desenhado, na maioria dos esportes de neve, para que as vagas sejam definidas na própria temporada dos Jogos. Assim, estamos na reta final de classificação e preparação para o evento, sendo que em diversos casos, só teremos a confirmação das vagas a menos de um mês para o evento. Os atletas brasileiros e suas equipes técnicas entrarão nas pistas em diversos país do mundo buscando a classificação ao longo dos próximos meses”, disse Pedro Cavazzoni, CEO e Superintendente Técnico da CBDN.

Fonte COB*





Fonte: Diário do Vale