Mário Esteves, prefeito de Barra do Piraí, é expulso do partido após sugerir 'castrar' mulheres para controle de natalidade




Em nota, a Direção Estadual do Solidariedade disse que a fala de Mário foi ‘misógina, demonstrando total desrespeito às mulheres’. Discurso do prefeito ocorreu na quinta-feira. O prefeito de Barra do Piraí (RJ), Mário Esteves, foi expulso do partido Solidariedade após sugerir “começar a castrar” as mulheres da cidade para controlar o número de crianças. A decisão foi anunciada neste domingo (17).
Em nota, a Direção Estadual do partido disse que a fala de Mário foi “misógina, demonstrando total desrespeito às mulheres”, e que a decisão foi unânime. Afirmou ainda que o Solidariedade “não tolera discursos, ações e demonstrações de qualquer preconceito”.
Mario Esteves, prefeito de Barra do Piraí
Divulgação
A fala polêmica de Mário Esteves foi gravada na quinta-feira (14), durante a inauguração de uma estrada. O vídeo foi publicado nas redes sociais na sexta-feira (15) e causou revolta na população.
“O que não falta em Barra do Piraí é criança. Cadê o Dione [secretário de Saúde]? Tem que começar a castrar essas meninas. Controlar essa população. É muito filho, cara”, diz Mário Esteves
Prefeito de Barra do Piraí defende ”castração de meninas” para controle de natalidade
O prefeito falou ainda que deveria haver uma lei que limitasse a dois a quantidade de filhos por mulher na cidade.
“É no máximo dois. Tem que fazer uma lei lá na Câmara. Haja creche para ser construída ao longo dos próximos anos. Tem que ter um projeto federal, estadual e municipal, porque precisa sim desse controle. É muita responsabilidade colocar filho no mundo”, discursou ele.
Por meio de nota divulgada no sábado (16), Mário Esteves disse que foi “um momento de descontração na inauguração de uma importante via de escoamento de produção e de desenvolvimento na cidade” e que “qualquer ilação com esse assunto mostra desconhecimento político”.
O prefeito explicou ainda que houve um “equívoco na troca do termo técnico – ‘laqueadura’ – por ‘castrar” e que não teve “intenção de ofender quaisquer parcelas da população, muito menos mulheres”.
O g1 procurou a assessoria do prefeito para comentar sobre a decisão do partido quanto a sua expulsão, mas não havia obtido uma resposta até a última atualização desta reportagem.
OAB Mulher do RJ se manifesta
A Comissão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Mulher do Rio de Janeiro criticou a fala do prefeito de Barra do Piraí.
A presidente do grupo, Flávia Ribeiro, considerou que Mário “sugeriu, de forma desrespeitosa, afrontosa e debochada que as mulheres barrenses fossem ‘castradas’ e que uma lei fosse apresentada na Câmara Municipal limitando o número de filhos por mulheres”.
Flávia condenou as palavras de Mário Esteves que, segundo ela, “refletem misoginia, desrespeito e discriminação de gênero”. A presidente da OAB Mulher reforçou o compromisso do grupo de combater atos preconceituosos e discriminatórios.
Notas na íntegra
Solidariedade
“A Direção Estadual do partido Solidariedade Rio de Janeiro decidiu, por unanimidade, expulsar o prefeito de Barra do Piraí, Mário Esteves, por sua fala misógina, demostrando total desrespeito às mulheres.
O Solidariedade não tolera discursos, ações e demonstrações de qualquer tipo de preconceito”.
OAB Mulher Rio
“A OAB Mulher do Rio de Janeiro vem por meio desta nota expressar seu veemente repúdio às recentes declarações do prefeito de Barra do Piraí, Mário Reis Esteves, que sugeriu de forma desrespeitosa, afrontosa e debochada que as mulheres barrenses fossem “castradas” e que uma lei fosse apresentada na Câmara Municipal limitando o número de filhos por mulheres.
Em consonância com nossos princípios de igualdade de gênero, respeito e promoção dos direitos das mulheres, anuímos integralmente à manifestação da Subseção de Barra do Piraí em condenação às palavras e atitudes que refletem misoginia, desrespeito e discriminação de gênero.
Nossa Comissão OAB Mulher reitera o compromisso contínuo de combater atos preconceituosos e discriminatórios, bem como de trabalhar incansavelmente pela construção de uma sociedade mais igualitária e justa para todas e todos.
Estamos unidos na busca por um ambiente onde todas as mulheres sejam respeitadas e tenham seus direitos preservados, endossamos a posição Subseção de Barra do Piraí e nos solidarizamos com seus esforços em prol dessa causa.
Flávia Pinto Ribeiro
Presidente da Comissão OAB Mulher do Rio de Janeiro”
Siga o g1 no Instagram | Receba as notícias no WhatsApp
VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul



G1 Sul e Costa Verde