Lei Seca autuou quase 1,3 mil pessoas em 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A maior parte dessas ocorrências aconteceu na capital (a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi o bairro com o maior número de registros), seguida por Niterói e Volta Redonda – Foto: Divulgação Lei Seca.

Rio- Em 2021, 1.218 pessoas foram autuadas por dirigirem embriagadas ou sob efeito de drogas no estado do Rio de Janeiro. Isso significa que, a cada 24 horas, três pessoas foram pegas bêbadas ao volante e mais de 2?3 desses motoristas tinham entre 30 e 59 anos.

A maior parte dessas ocorrências aconteceu na capital (a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi o bairro com o maior número de registros), seguida por Niterói e Volta Redonda. O painel ISPTrânsito, feito pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), analisa o número de vítimas e acidentes de trânsito no estado do Rio de Janeiro e tem como objetivo colaborar com dados para o debate e a construção de um trânsito mais seguro. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu que o tema da campanha do Maio Amarelo de 2022 é “Juntos salvamos vidas”.

A plataforma mostra também que, no último ano, foram registrados 17.760 acidentes, 2.122 atropelamentos e 1.874 mortes no trânsito – a maior parte dessas ocorrências aconteceu no município do Rio, entre 18h e 0h.
Na cidade do Rio, os atropelamentos acontecem com maior proporção na Avenida Brasil, seguida pela Avenida das Américas e da Avenida Dom Hélder Câmara. Os acidentes de trânsito e as mortes no trânsito seguem o mesmo padrão dos dois locais com mais ocorrência, sendo que a Avenida Pastor Martin Luther King Júnior é o terceiro local com a maior ocorrência e, nas mortes, a Rua do Prado, em Santa Cruz.
– O ISPTrânsito é muito importante para fomentar as políticas públicas e informar a sociedade para, assim, evitar os acidentes de trânsito. O trabalho avançou muito, mas ainda temos muito o que fazer. Esses dados, principalmente os de embriaguez ao volante, são preocupantes e mostram também a importância da Operação Lei Seca. A conscientização é o caminho, e o respeito e a responsabilidade no trânsito é dever de todos nós – afirmou a diretora-presidente do ISP, Marcela Ortiz.

Operação Lei Seca

No último mês de março a Operação Lei Seca comemorou 13 anos de existência com mais de 3 milhões de motoristas abordados em todo o estado. O trabalho realizado pela Operação inclui também conscientização nas ruas, eventos, bares e restaurantes, além de palestras em escolas, universidades e empresas de todo o estado.
Em 2021, cerca de 154 mil motoristas foram abordados pelas blitzes realizadas nas ruas do estado, e os agentes realizaram mais de 2.600 ações de fiscalização e cerca de 800 ações de educação.
– A missão da Operação Lei Seca é salvar vidas e tornar o trânsito mais seguro, por isso atuamos diariamente buscando conscientizar a população sobre os riscos da mistura de álcool e direção – ressaltou o tenente-coronel PM Fábio Pinho, superintendente da Operação Lei Seca.

O post Lei Seca autuou quase 1,3 mil pessoas em 2021 apareceu primeiro em Diário do Vale.



Fonte: Diário do Vale