Idosa é presa em flagrante por maus-tratos a cachorro em Barra do Piraí | Sul do Rio e Costa Verde


“A versão contada pela tutora não me convenceu. Disse que os ataques das capivaras que destruíram metade da face do cachorro começaram há quatro dias, mas a veterinária declarou que a lesão grave no animal tem no mínimo um mês. Com base nas evidências, decidi efetuar a prisão em flagrante. A indiciada será submetida à audiência de custódia amanhã, dia 19. Caso seja condenada, a pena pode ultrapassar seis anos de prisão”, revelou o delegado.



G1 Sul e Costa Verde